O Brasil corre o risco de perder o certificado de erradicação do sarampo, obtido há três anos. Sem conseguir controlar a transmissão da doença e com baixa cobertura vacinal, o País tem no momento três estados com surto: Amazonas, Roraima e, mais recentemente, o Pará. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, admitiu nesta quinta-feira, 14, haver ainda risco de casos na Bahia, por causa do fluxo de transporte nesse período do ano.

Apesar do número expressivo de registros no País, é ainda baixo o porcentual da população imunizada. Dados preliminares do ministério indicam que metade das cidades não atingiu a meta de cobertura vacinal - igual ou superior a 95%.

No Pará, por exemplo, 83,3% dos municípios não atingiram a meta. Em Roraima, foram 73,3%; no Amazonas, 50%. "Estamos no precipício", disse o ministro, ao se referir à cobertura de vacinas em geral no País. Numa reunião com secretários estaduais e municipais de saúde, observou que a situação é reflexo de uma sucessão de fatores.

O certificado de erradicação é retirado quando se registra a transmissão da doença durante um ano. A data-limite é a próxima segunda-feira, dia 18. A definição do status brasileiro, contudo, será conhecida só dias depois, com a confirmação da doença. Isso geralmente ocorre em um intervalo de até dez dias. Dentro do ministério, porém, o desfecho é dado como certo.

O primeiro caso de sarampo entre brasileiros ocorreu no dia 19 de fevereiro de 2018. Antes dessa data, o País já identificava alguns pacientes doentes - eram imigrantes da Venezuela. Mandetta observou que, se a cobertura vacinal fosse adequada, os casos seriam isolados. Houve, no entanto, surto da doença.

Ele ressaltou que a baixa cobertura vacinal não se resume ao sarampo - e lembrou de difteria e pólio. O ministério planeja uma grande campanha nacional pela vacinação. A ideia é aproveitar a mobilização contra a gripe e atualizar cadernetas. A ideia é de que esse anúncio seja feito para marcar cem dias do governo Jair Bolsonaro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Hospital São Bernardo de Alcobaça fala do caso no atendimento de

Alcobaça: A circulação nas redes sociais de um vídeo sobre a falta de médico no Hospital São Bernardo (HSB) de Alcobaça foi um dos assuntos

Falso médico é preso por usar nome de profissional verdadeiro

Um falso médico foi preso em Nova Soure, no nordeste baiano, após uma denúncia anônima. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o

Idoso morre após ser picado por escorpião

Um idoso de 76 anos veio a óbito um dia após ter sido picado por um escorpião no bairro de Valéria, em Salvador. Manoel Messias dos Santos

Pais devem se atentar ao uso excessivo de eletrônicos por crianças

Com os avanços tecnológicos percebe-se que as crianças estão cada vez mais conectadas no mundo virtual e nas diferentes ferramentas e

Bahia é o sétimo estado do Brasil com mais casos de meningite

Em um levantamento que levou em conta o período entre 2008 e 2018, o estado da Bahia configura-se como o sétimo estado brasileiro com mais casos

Justiça determina inclusão de remédios à base de cannabis pelo

A Justiça Federal determinou que medicamentos à base de Canabidiol (CBD) e Tetraidrocanabinol (THC), já registrados pela Agência de

Ex-prefeito de Teixeira, Dr. Wagner, é transferido em UTI Aérea

Teixeira de Freitas: O ex-prefeito de Teixeira de Freitas, Dr. Wagner Ramos Mendonça, 69 anos de idade, deu entrada no Hospital Sobrasa, no final

Cerca de 630 milhões de pessoas devem ter diabetes até 2045

O Atlas do Diabetes, a cada atualização, aponta uma tendência alarmante sobre a doença no mundo. O levantamento da Federação Internacional de

Confira alguns cuidados para se ter com a pele em época de carnaval

O carnaval é umas das festas mais desejadas do calendário nacional. Acontecendo sempre em meio ao verão, a festa em Salvador mistura folia,

'Menor recém-nascido do mundo' tem alta do hospital de Tóquio

Médicos dizem que o bebê, nascido com apenas 268 g, é o menor menino prematuro do mundo a conseguir sobreviver e ser mandado para casa com

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: