A Bahia tem 104 cidades em situação de risco de surto de dengue, zika e chikungunya, segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (30). Os números são resultado do primeiro Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2019. O estudo separa as cidades em níveis de risco, alerta e satisfatório.

Segundo o levantamento, realizado entre janeiro e março, Salvador e outros 184 municípios baianos estão em estado de alerta para as doenças. O resultado da pesquisa deste ano representa um aumento em relação ao estudo divulgado em dezembro de 2018. Na época, apenas 69 cidades baianas tinham risco de surto das doenças - 35 municípios a menos.

Brasil

No estudo deste ano, 5.214 mil municípios realizaram algum tipo de monitoramento do mosquito transmissor dessas doenças, sendo 4.958 (95,1%) por levantamento de infestação (LIRAa/LIA) e 256 por armadilha.

No total, 25 capitais participaram do estudo. Cinco delas estão com índice satisfatório: Boa Vista (RR), João Pessoa (PB), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e o Distrito Federal. A capital Cuiabá (MT) está em risco.

Outras 16 capitais estão em alerta: Fortaleza (CE), Porto Velho (RO), Palmas (TO), Salvador (BA), Teresina (PI), Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Vitória (ES), São Luis (MA), Belém (PA), Macapá (AP), Manaus (AM), Maceió (AL), Aracaju (SE) e Goiânia (GO).

Casos

Em 2019, até 13 de abril, foram registrados 451.685 casos prováveis de dengue no país, aumento de 339,9% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 102.681 casos.

A incidência, que considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes, tem taxa de 216,6% casos/100 mil habitantes. O número de óbitos pela doença também teve aumento, de 186,3%, passando de 66 para 123 mortes.

Em relação à zika, foram registrados 3.085 casos, com incidência de 1,5 caso/100 mil hab. Em 2018, no mesmo período, ocorreram 3.001 casos prováveis. Em 2019, não foram registrados óbitos por zika.

Fonte: G1


Começa hoje vacinação preventiva contra o sarampo

A partir desta quinta-feira, 22, as crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo em todo o país. Segundo o

Os chips que podem diminuir uso de animais de laboratório

Ken-Ichiro Kamei segura um dos seus 'corpos em um chip' Quando Ken-Ichiro Kamei, engenheiro da Universidade de Kyoto, sai para beber com seus

Prefeitura de Teixeira intensifica vacinação contra o sarampo

A Prefeitura de Teixeira de Freitas está intensificando a vacinação contra o sarampo. Todas as salas de vacina do município estão realizando a

Como melhorar a alimentação dos adolescentes

Sobrepeso e obesidade são fatores de risco para doenças crônicas. Hábitos alimentares e formação do paladar começam na infância. Com o

Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças;

Doença é altamente contagiosa e há surto no Norte do Brasil. Na rede pública, vacina administrada é a tríplice viral: protege contra caxumba,

Mulher dá à luz siamesas unidas pelo abdômen

Santo Antônio de Jesus: Uma mulher de 35 anos deu à luz gêmeas siamesas na manhã desta quinta-feira (15), na cidade de Santo Antônio de

Como a vida moderna aumentou o estresse e como evitar

Com a mudança do trabalho físico para atividades que dependem mais da mente, o estresse crônico tem se tornado cada vez mais problemático -

Saiba o que é Fascite Plantar: causas, sintomas e tratamento

A fascite plantar é um doloroso processo inflamatório da fáscia plantar, o tecido conjuntivo na sola do pé, que pode acontecer em pessoas que

Renovação Carismática Católica de Luto: Morre Cláudio Totta, um

Teixeira de Freitas: No início da noite desta segunda-feira, 12 de agosto, veio a óbito no Hospital Sobrasa em Teixeira de Freitas, Cláudio

Por que fumar cigarro é hábito mais comum entre os mais pobres

Em média, fumantes compõem cerca de 10% da população brasileira - entre aqueles com menos anos de estudo, o percentual é maior Na meta de

Policia
Nossos Apoiadores: