A Bahia tem 104 cidades em situação de risco de surto de dengue, zika e chikungunya, segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (30). Os números são resultado do primeiro Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2019. O estudo separa as cidades em níveis de risco, alerta e satisfatório.

Segundo o levantamento, realizado entre janeiro e março, Salvador e outros 184 municípios baianos estão em estado de alerta para as doenças. O resultado da pesquisa deste ano representa um aumento em relação ao estudo divulgado em dezembro de 2018. Na época, apenas 69 cidades baianas tinham risco de surto das doenças - 35 municípios a menos.

Brasil

No estudo deste ano, 5.214 mil municípios realizaram algum tipo de monitoramento do mosquito transmissor dessas doenças, sendo 4.958 (95,1%) por levantamento de infestação (LIRAa/LIA) e 256 por armadilha.

No total, 25 capitais participaram do estudo. Cinco delas estão com índice satisfatório: Boa Vista (RR), João Pessoa (PB), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e o Distrito Federal. A capital Cuiabá (MT) está em risco.

Outras 16 capitais estão em alerta: Fortaleza (CE), Porto Velho (RO), Palmas (TO), Salvador (BA), Teresina (PI), Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Vitória (ES), São Luis (MA), Belém (PA), Macapá (AP), Manaus (AM), Maceió (AL), Aracaju (SE) e Goiânia (GO).

Casos

Em 2019, até 13 de abril, foram registrados 451.685 casos prováveis de dengue no país, aumento de 339,9% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 102.681 casos.

A incidência, que considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes, tem taxa de 216,6% casos/100 mil habitantes. O número de óbitos pela doença também teve aumento, de 186,3%, passando de 66 para 123 mortes.

Em relação à zika, foram registrados 3.085 casos, com incidência de 1,5 caso/100 mil hab. Em 2018, no mesmo período, ocorreram 3.001 casos prováveis. Em 2019, não foram registrados óbitos por zika.

Fonte: G1


‘As doenças do século têm relação com o ruído’, diz

Confira entrevista completa com a arquiteta Débora Barretto Especialista em acústica e diretora técnica da Audium, a arquiteta Débora Barretto

Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças?

Doença é altamente contagiosa e há surto no Norte do Brasil. Na rede pública, vacina administrada é a tríplice viral: protege contra caxumba,

Comissão do Senado faz audiência pelo Dia do Orgulho Autista

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal, realizou na manhã de hoje (18) uma audiência que tratou do

Adolescente de 16 anos morre de dengue em Irecê

Uma menina de 16 anos morreu de dengue, em Irecê, no norte da Bahia. O resultado confirmando a doença saiu nesta segunda-feira (17), de acordo

Saúde recebe 3 mil novas doses da vacina contra a gripe

Teixeira de Freitas: A Secretaria Municipal de Saúde de Teixeira de Freitas, recebeu do Ministério da Saúde, via Secretaria Estadual de Saúde

Imunoterapia é aposta da medicina para vencer o câncer

Nos últimos anos, os avanços da oncologia revolucionaram a forma de tratar o câncer. Em 2018, dois pesquisadores ganharam o Prêmio Nobel de

Ministério da Saúde reforça necessidade da doação de sangue

Doação voluntária é importante para manutenção dos estoques Dezesseis brasileiros em cada mil são doadores de sangue, o que representa 1,6%

Sesab diz que parto normal é orientação preferencial, mas seguirá

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) reafirmou que seguirá eventuais alterações no protocolos do Ministério da Saúde para a realização de

Cientistas criam técnica para alterar tipo de sangue para

Cientistas utilizaram enzimas de bactérias intestinais para transformar os tipos de sangue, para que não haja mais incompatibilidade entre

ANS suspende venda de 51 planos de saúde de 11 operadoras

Cinquenta e um planos de saúde de 11 operadoras tiveram a comercialização proibida a partir desta sexta-feira, 14. A decisão da Agência

Nossos Apoiadores: