Frédéric Péchier, que havia sido acusado de sete envenenamentos, é agora suspeito de ter intoxicado outras 17 pessoas

Um anestesista francês, Frédéric Péchier, de 47 anos, está sendo investigado por suspeita de ter envenenado pacientes para criar situações de emergência e oportunidades para demonstrar suas próprias habilidades como médico.

A suspeita é de que ele adulterava as "bolsas" de indução anestésica usadas durante cirurgias. Nove pacientes morreram e o médico pode ser condenado à prisão perpétua se for considerado culpado. Péchier nega as acusações, feitas por procuradores franceses.

Jean-Yves Le Borgne, advogado do médico, disse à agência AFP que não há provas contra o anestesista. "A possibilidade de Péchier ter cometido esses envenenamentos é apenas uma hipótese, nada mais que uma hipótese", afirmou Borgne. "A presunção de inocência precisa ser reforçada."

Por determinação de um juiz em Besançon, cidade a cerca de 400 quilômetros de Paris, o médico foi detido, em maio de 2017, em uma investigação por sete envenenamentos. Ele foi libertado, mas impedido de exercer a medicina.

Essa semana, ele foi questionado pela polícia sobre 66 casos de parada cardíaca durante cirurgias em pacientes considerados de baixo risco. As acusações mais recentes - dos 17 pacientes - estão entre esses casos, que envolvem pacientes com idades entre quatro e 80 anos.

O procurador Etienne Manteaux disse à imprensa local que Péchier foi o "denominador comum" em cada um deles, e que ele estava em "conflito aberto" com colegas. Segundo Manteux, Péchier "estava, com frequência, perto da sala de cirurgia" quando as emergências ocorreram. Fazia um rápido diagnóstico sobre qual ação tomar "mesmo quando nada permitia alguém suspeitar de uma overdose de potássio ou anestesia local".

Péchier nega as acusações e seus advogados acusam a polícia de adulterar declarações que deu durante os primeiros interrogatórios. "Qualquer que seja o resultado disso, minha carreira acabou", disse a repórteres numa coletiva. "Não dá para confiar num médico que, em algum momento, foi acusado de envenenar... Minha família está abalada e temo pelos meus filhos".

Fonte: BBC News


Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças?

Doença é altamente contagiosa e há surto no Norte do Brasil. Na rede pública, vacina administrada é a tríplice viral: protege contra caxumba,

Comissão do Senado faz audiência pelo Dia do Orgulho Autista

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal, realizou na manhã de hoje (18) uma audiência que tratou do

Adolescente de 16 anos morre de dengue em Irecê

Uma menina de 16 anos morreu de dengue, em Irecê, no norte da Bahia. O resultado confirmando a doença saiu nesta segunda-feira (17), de acordo

Saúde recebe 3 mil novas doses da vacina contra a gripe

Teixeira de Freitas: A Secretaria Municipal de Saúde de Teixeira de Freitas, recebeu do Ministério da Saúde, via Secretaria Estadual de Saúde

Imunoterapia é aposta da medicina para vencer o câncer

Nos últimos anos, os avanços da oncologia revolucionaram a forma de tratar o câncer. Em 2018, dois pesquisadores ganharam o Prêmio Nobel de

Ministério da Saúde reforça necessidade da doação de sangue

Doação voluntária é importante para manutenção dos estoques Dezesseis brasileiros em cada mil são doadores de sangue, o que representa 1,6%

Sesab diz que parto normal é orientação preferencial, mas seguirá

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) reafirmou que seguirá eventuais alterações no protocolos do Ministério da Saúde para a realização de

Cientistas criam técnica para alterar tipo de sangue para

Cientistas utilizaram enzimas de bactérias intestinais para transformar os tipos de sangue, para que não haja mais incompatibilidade entre

ANS suspende venda de 51 planos de saúde de 11 operadoras

Cinquenta e um planos de saúde de 11 operadoras tiveram a comercialização proibida a partir desta sexta-feira, 14. A decisão da Agência

Reinaugurado o Hospital Municipal de Caravelas

Caravelas: Não tem como passar despercebida a transformação do Hospital Municipal de Caravelas. Com a estrutura construída há mais de 60 anos,

Nossos Apoiadores: