A fascite plantar é um doloroso processo inflamatório da fáscia plantar, o tecido conjuntivo na sola do pé, que pode acontecer em pessoas que praticam esportes de alto impacto.

Dr. David Pierson, Médico de Quiropraxia, CCSP, ICSSD, FICC e ex-presidente da Federação Internacional de Quiropráticos Esportivos do EUA, diz que atletas, postura desequilibrada ao andar, ou mecânica do joelho podem causar um desequilíbrio muscular.

Quer melhorar a performance na corrida? Fortaleça os pés!

Os desequilíbrios descritos por Pierson podem ser relacionados a esportes como a corrida. Mas pode haver predisposições fisiológicas, como arcos altos, arcos colapsados ​​ou joanetes. Ou podem ser fatores ambientais, como estresse ou estar acima do peso.

Como começa a dor

Sob carga de qualquer um dos fatores acima, a fáscia do pé, que forma uma tenda entre o calcanhar e a base dos cinco dedos dos pés para sustentar o arco medial, pode apresentar microlesões. Quando o corpo começa a curar essas lesões, pequenas aderências, quase como crostas, podem se formar entre a fáscia e tendões adjacentes, músculos ou outros tecidos. As aderências causam dor, geralmente sentida no calcanhar, quando o pé está sob pressão, caminhando ou correndo. Além disso, com o tempo, a fáscia se torna encurtada e fibrótica. E a condição pode se tornar crônica e debilitante se não for tratada.

Dr. Miles Colaprate, da Balance Chiropractic and Acupuncture, em Shelburne, Vermont, diz que “muitas pessoas tentam tratar a FP com alongamentos. Eles massageiam o pé com bola de golfe, usam gelo ou aquecem o pé, mas nenhum deles são a terapia correta.

Mas tanto Pierson quanto Colaprete concordam que você pode tratar FP em casa, especialmente se você diagnosticar cedo.

“O primeiro passo é fortalecer o sistema muscular de apoio”, diz Pierson. “Pare de fazer o que te causa dor. Se dói quando você corre mais de 10 quilômetros, pare. Trate a dor com alongamento e fortalecimento.”

ALONGAMENTOS PARA FASCITE PLANTAR

Yoga para os pés

De pé sobre uma superfície plana, levante apenas o dedão do pé. Coloque os outros dedos no chão e segure por cinco segundos. Em seguida, solte o dedão do pé e levante os outros quatro dedos. Faça três séries de dez em cada pé.

Bolinhas

Use o dedão do pé e o segundo dedo do pé para pegar as bolinhas do chão, curvando os dedos dos pés sobre as bolinhas – pequenas pedras também funcionam.  Repita 10-15 vezes.

Toalha

Coloque uma toalha no chão. Com o seu calcanhar no chão, amasse a toalha com os dedos dos pés. Repita 10 vezes por pé.

Postura

No chão, coloque os dedos dos pés para baixo e, em seguida, sente-se nos calcanhares. Respire profundamente, sentando-se mais à medida que você se sentir mais confortável na postura. Solte por 30 segundos. Repita três vezes.

Auto massagem no pé

Usando os polegares, com uma perna cruzada sobre a outra para que você possa acessar facilmente a sola do pé dolorido, pressione a parte inferior do pé enquanto balança o dedão para cima e para baixo. Mova os polegares para cima no centro do pé, procurando por pontos doloridos. Preste atenção especial às aderências dolorosas entre o quarto e o quinto dedo do pé.

Massagem Shin

Com o pé dolorido cruzado sobre a perna, passe os polegares pela parte superior da tíbia com a perna cruzada. Pressione as áreas sensíveis com os polegares, enquanto flexiona o pé para trás e para frente. Em seguida, esfregue seus músculos das canelas – trabalhe-os para torná-los mais maleáveis.

Alongamento na escada

De pé em um pé com o seu calcanhar pendurado de uma escada, levante-se em seus dedos do pé, em seguida, desça com o calcanhar abaixo da escada. Conte até quatro com cada aumento e cada queda. Repita 15 vezes.

Tratamento

Apenas fortalecer e alongar não resolve o problema, diz Pierson. Procure um especialista em biomecânica que trabalhe a questão do desequilíbrio – mecânica dos pés, mecânica do joelho ou pisada. Seu especialista deve ser capaz de fornecer avaliações, exercícios, conselhos, manipulação, trabalho de tecidos moles e, possivelmente, uma órtese ou injeções. Você pode ficar feliz em saber que a cirurgia é sempre a última opção com fascite plantar, e geralmente não é boa, pois remove o sistema de suporte natural do pé.

Fonte: Gooutside


Como melhorar a alimentação dos adolescentes

Sobrepeso e obesidade são fatores de risco para doenças crônicas. Hábitos alimentares e formação do paladar começam na infância. Com o

Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças;

Doença é altamente contagiosa e há surto no Norte do Brasil. Na rede pública, vacina administrada é a tríplice viral: protege contra caxumba,

Mulher dá à luz siamesas unidas pelo abdômen

Santo Antônio de Jesus: Uma mulher de 35 anos deu à luz gêmeas siamesas na manhã desta quinta-feira (15), na cidade de Santo Antônio de

Como a vida moderna aumentou o estresse e como evitar

Com a mudança do trabalho físico para atividades que dependem mais da mente, o estresse crônico tem se tornado cada vez mais problemático -

Renovação Carismática Católica de Luto: Morre Cláudio Totta, um

Teixeira de Freitas: No início da noite desta segunda-feira, 12 de agosto, veio a óbito no Hospital Sobrasa em Teixeira de Freitas, Cláudio

Por que fumar cigarro é hábito mais comum entre os mais pobres

Em média, fumantes compõem cerca de 10% da população brasileira - entre aqueles com menos anos de estudo, o percentual é maior Na meta de

Como a Lua afeta o seu humor?

Desde a antiguidade, diversas sociedades acreditaram na influência da Lua no humor; mas o que diz a ciência moderna? Aficcionado por resolver

Conheça as dez  dicas para o início do desfralde das crianças

O início do desfralde sempre gera grandes dúvidas nos pais. Esse deve ser um momento tranquilo que exige muita paciência e dedicação. Retirar

Prefeitura inicia reforma da UTI do HMTF

A Prefeitura de Teixeira de Freitas iniciou esta semana a reforma da UTI do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas. Uma equipe de profissionais

Hospital Costa das Baleias será construído pelo Governo da Bahia e

Teixeira de Freitas: Nesta terça-feira (6) o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, e membros da Organização Mundial da

Policia
Nossos Apoiadores: