Teixeira de Freitas: O Centro Especializado de Reabilitação de Teixeira de Freitas (CER 4) está qualificado para atender as demandas intelectuais, físicas, auditivas e visuais. As duas novas especialidades foram confirmadas com a publicação da Portaria Nº 3.164, de 3 de Dezembro de 2019, assinada pelo Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

A Unidade foi preparada para atender estas especializações desde a sua fundação, entretanto, só estavam habilitadas, junto ao Ministério da Saúde, as reabilitações física e intelectual. Com a publicação da Portaria, o Centro também atuará com as qualificações auditiva e visual. “Agora somos CER 4 de verdade”, comemorou o secretário de Saúde de Teixeira de Freitas, Hebert Chagas, referindo-se as quatro especialidades.

Esse ganho para a saúde pública de Teixeira de Freitas e região é resultado da movimentação do secretário Hebert.  Ele esteve em Salvador na semana passada em reunião com os conselheiros e responsáveis pelo processo de qualificação dos Centros de Reabilitação na Bahia. Na ocasião, o secretário expôs os investimentos do município em equipamentos e mão-de-obra. A ação deu início à apreciação e por fim, a confirmação das novas habilitações.

O diretor do CER 4, Marcelo Mattos, confirmou que mais de 80% dos equipamentos já foram adquiridos, os profissionais estão contratados e as reformas feitas com orçamento próprio do município estão praticamente finalizadas. Segundo o diretor, “graças ao empenho da Prefeitura, logo nos primeiros meses de 2020, as quatro especializações estarão ativas”.

Atualmente, o Centro atende cerca de 1 mil pessoas vindas dos 21 municípios da macrorregião de Teixeira de Freias. Com o incremento, a expectativa é de 2 mil usuários ativos. “Foi com muita emoção que recebemos esta informação”, declarou o diretor.

Todo o cidadão atendido no CER 4 tem acesso à equipe multidisciplinar, que atua para promover a autonomia do indivíduo, promovendo sua reinserção nas rotinas de trabalho, familiar e as demais. Trata-se de um acompanhamento integral, em que o paciente tem acesso gratuito aos profissionais especialistas e também aos equipamentos, tais como: cadeiras de roda, bengalas, próteses e outros.

Por: Liberdadenews/Ascom

Sobe para 17 o número de pacientes internados com Covid-19 na UTI

Teixeira de Freitas: Nesta data, a Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas comunica que não houve alteração nos dados epidemiológicos no

Sobe para 1915 casos de Covid-19 em Teixeira: 16 pessoas estão na

Teixeira de Freitas: Nesta data, a Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas comunica 48 novos casos confirmados. Nosso município atingiu o

Covid-19: Brasil registra 69,1 mil mortes e 1,75 milhão de casos

Há 632 mil pessoas em acompanhamento e 1.054.043 estão recuperadas O Brasil registrou 69.184 mortes em função da pandemia do novo

Centro de Atenção Municipal ao Covid-19 iniciará na segunda

Teixeira de Freitas: Com o objetivo de atender a população durante a pandemia, o Centro de Atenção Municipal ao Covid-19 iniciará suas

Teixeira registra 92 novos casos de Covid-19: São 1867

Teixeira de Freitas: Nesta data, a Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas comunica 92 novos casos confirmados. Nosso município atingiu o

Pai de Tequinha assessor do prefeito Temóteo Brito morre de infarto

Teixeira de Freitas: O assessor municipal, Uivanthe Brito Andrade, popularmente conhecido como Tequinha, comunica, com pesar, o falecimento do seu

Boletim Covid-19 em Teixeira: 1775 casos; 30 mortes e 33 pessoas

Teixeira de Freitas: Nesta data, a Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas comunica, com pesar, mais um óbito. Tivemos ainda, 78 novos casos

Morre a 30ª vítima da Covid-19 em Teixeira de Freitas: Mulher de 60

Teixeira de Freitas: Nesta quarta-feira, 08 de julho, morreu a 30ª vítima de Covid-19 em Teixeira de Freitas. Trata-se de uma mulher de 60 anos

Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus

Quase 977 mil pessoas já se recuperaram e 66.741 morreram O Brasil chegou a 66.741 mil mortes e 1.668.589 milhão de casos em decorrência da

Casos de chikungunya crescem 434% na Bahia

Provocada pelo mosquito Aedes aegypti, o número de casos de chikungunya tem crescido na Bahia. Segundo a Secretaria de Saúde do estado (Sesab), o

Nossos Apoiadores: