Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem foi procurada, nesta quarta-feira, 08 de junho, pela senhora Marina Almeida Curvelo, mãe da garotinha Analya Curvelo Rodrigues, de 07 anos de idade. Analya é portadora de epilepsia, tendo iniciado as suas crises aos 03 meses de vida. A criança apresenta atraso no desenvolvimento neuropsicomotor associado (atraso de fala importante). Segundo laudo do médico neuropediatra, Dr. Victor Alves Rodrigues, Analya tem epilepsia focal estrutural - provavelmente secundária à provável sofrimento fetal agudo perinatal.

Ocorre que a garotinha faz uso do medicamento canabidiol (200 mg) e Topiramato (75 mg). Segundo a mãe da criança, já faz 03 meses que a Prefeitira de Teixeira, através da Secretaria de Saúde, não oferta esse medicamento aos pacientes que deles precisam. Segundo a mãe, a resposta é sempre que assim como a medicação de todos os outros pacientes, o canabidiol está em processo de licitação, e que o próximo passo é a assinatura de contrato com as respectivas empresas ganhadoras.

A mãe está desesperada porque a sua filha está tendo crises por conta da falta deste medicamento. "É muito triste, é muito sofrido ver a minha filha sofrendo assim. É um medicamento caro, e não temos condições de bancar esse medicamento. Sempre pegamos esse remédio via Secretaria de Saúde, mas já são três meses de espera. Não sei mais o que fazer, a quem recorrer. Já entramos com uma ação na Defensoria Pública, precisamos desse medicamento. Ajude-nos", apelou a mãe da Analya.

Ainda segundo a mãe, desde o dia 24 de maio, ela entrou com uma ação na Defensoria, mas que demora para sair a decisão judicial. Enquanto isso, sua filha está tendo duas a três crises por dia por conta da falta deste medicamento. "A Prefeitura alega que está no processo de licitação, mas nunca assina esse contrato, enquanto isso, não só minha filha, mas também outras crianças que fazem uso desse medicamento não estão conseguindo o acesso ao remédio", acrescentou.

Nossa equipe de reportagem tentou contato com o secretário de Saúde de Teixeira de Freitas, Danilo Fernandes, mas este não atendeu nossas ligações, nem retornou.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Caravelas equipa todas as unidades de saúde com aparelhos de

Caravelas: Os eletrocardiogramas são exames que avaliam a atividade elétrica do coração, por meio de eletrodos fixados na pele, detectando o

Nota: primeiro caso suspeito da nova varíola é notificado em

Teixeira de Freitas; A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Epidemiológica,

Saúde e documentos: Sílvio Ramalho, presidente do Consaúde,

Teixeira de Freitas: O presidente do Consaúde, Sílvio Ramalho, conversou com a Reportagem do Liberdade News, na tarde da última quarta-feira, 03

Mucuri assume o 1º lugar no ranking da Atenção Primária à Saúde

O município de Mucuri acaba de assumir a liderança no extremo sul da Bahia com nota máxima do 1º quadrimestre de 2022, no ranking do Previne

Ministério da Saúde confirma primeira morte por varíola dos

O Ministério da Saúde confirmou, nesta sexta-feira (29), a primeira morte por varíola dos macacos no Brasil. O óbito foi registrado

Casos suspeitos de varíola dos macacos são investigados em Itapebi

A Secretaria de Saúde de Itapebi, através da Vigilância Epidemiológica, emitiu um alerta à população, na quinta-feira (28), sobre um caso

Após revisão, caso de 'varíola dos macacos' em Ilhéus é

Após revisão de laudos laboratoriais, o caso de Monkeypox em Ilhéus foi descartado e a Bahia permanece com 5 confirmados para a doença, sendo

Jovem perde rim e hospital entrega órgão a família em saco

Um jovem identificado como Jeferson Oliveira Bispo, de 21 anos, perdeu um rim após passar por uma cirurgia depois de levar um tiro. Após o

Salvador confirma mais dois casos de varíola do macaco

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou nesta segunda-feira, 25, o quarto e o quinto casos confirmados da “Monkeypox”, doença

OMS declara varíola dos macacos como emergência de saúde global

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou neste sábado, 23, a varíola dos macacos como emergência de saúde global. A decisão vem após

Nossos Apoiadores: