A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou nesta segunda-feira, 25, o quarto e o quinto casos confirmados da “Monkeypox”, doença conhecida como "varíola dos macacos", em Salvador. Os pacientes, ambos do sexo masculino, têm 29 e 34 anos, são residentes na capital baiana e tiveram o início dos sintomas no último dia 4.

Os dois não necessitaram de hospitalização e seguem em isolamento em domicílio, com boa evolução. Eles tiveram contato próximo e apresentaram febre de início súbito, dor lombar, erupção cutânea e dor de cabeça.

Dentre os casos suspeitos residentes em Salvador, cinco (22,7%) foram confirmados para Monkeypox (quatro por critério laboratorial e um por critério clínico-epidemiológico). Todos os pacientes são do sexo masculino, com média de idade de 29 anos.

Em relação às manifestações clínicas, todos os casos apresentaram febre, adenomegalia e erupções cutâneas. Dos casos confirmados, dois (40%) são residentes do Distrito Sanitário (DS) Barra/Rio Vermelho e três (60%) do DS Cabula/Beiru.

Contato

A varíola do macaco pode ser transmitida pelo contato com fluidos corporais, secreções respiratórias, lesões na pele ou mucosas de pessoas infectadas. Há também o risco de contaminação pela utilização de materiais contaminados, como toalhas, roupas de cama e utensílios domésticos contaminados e/ou contato com animais infectados pelo vírus.

 Os principais sintomas observados nos indivíduos infectados são febre, dor de cabeça, dores nas costas ou musculares, inflamações nos nódulos linfáticos, lesões na pele, que começam no rosto e se espalham pelo corpo, atingindo principalmente as mãos e os pés. O vírus tem um período de incubação que pode variar de cinco a 13 dias. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os sintomas duram de 16 a 21 dias.

Fonte: Atarde

Caravelas equipa todas as unidades de saúde com aparelhos de

Caravelas: Os eletrocardiogramas são exames que avaliam a atividade elétrica do coração, por meio de eletrodos fixados na pele, detectando o

Nota: primeiro caso suspeito da nova varíola é notificado em

Teixeira de Freitas; A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Epidemiológica,

Saúde e documentos: Sílvio Ramalho, presidente do Consaúde,

Teixeira de Freitas: O presidente do Consaúde, Sílvio Ramalho, conversou com a Reportagem do Liberdade News, na tarde da última quarta-feira, 03

Mucuri assume o 1º lugar no ranking da Atenção Primária à Saúde

O município de Mucuri acaba de assumir a liderança no extremo sul da Bahia com nota máxima do 1º quadrimestre de 2022, no ranking do Previne

Ministério da Saúde confirma primeira morte por varíola dos

O Ministério da Saúde confirmou, nesta sexta-feira (29), a primeira morte por varíola dos macacos no Brasil. O óbito foi registrado

Casos suspeitos de varíola dos macacos são investigados em Itapebi

A Secretaria de Saúde de Itapebi, através da Vigilância Epidemiológica, emitiu um alerta à população, na quinta-feira (28), sobre um caso

Após revisão, caso de 'varíola dos macacos' em Ilhéus é

Após revisão de laudos laboratoriais, o caso de Monkeypox em Ilhéus foi descartado e a Bahia permanece com 5 confirmados para a doença, sendo

Jovem perde rim e hospital entrega órgão a família em saco

Um jovem identificado como Jeferson Oliveira Bispo, de 21 anos, perdeu um rim após passar por uma cirurgia depois de levar um tiro. Após o

OMS declara varíola dos macacos como emergência de saúde global

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou neste sábado, 23, a varíola dos macacos como emergência de saúde global. A decisão vem após

Bahia confirma segundo caso da Varíola do Macaco

Um segundo caso da doença causada pelo vírus Monkeypox, conhecida como varíola do macaco, foi confirmada pelos centros de Informações

Nossos Apoiadores: