DJ dia das mães

Ao lado dos baixos níveis de aprendizagem, a evasão escolar constitui uma das mais maiores dificuldades do Ensino Médio. Segundo dados divulgados por uma pesquisa do Instituto Ayrton Senna e pelo Instituto de Ensino e pesquisa (INSPER), 2,8 milhões de jovens – com idades entre 15 e 17 anos - não se matricularam no início do ano letivo de 2018.

Esse dado corresponde a 27% de possíveis alunos, entre os 10 milhões de jovens nessa faixa etária que deveria frequentar a escola. Além de todos os problemas que isso provoca no futuro desses jovens e para o país, a evasão e abandono escolar também implicam em prejuízo econômico de R$ 35 bilhões por ano aos cofres públicos.

Quando o aluno abandona a escola, o valor do custo sobe já que, segundo o estudo, o jovem fica mais suscetível a problemas com violência e de saúde quando está fora do ambiente escolar. O estudo também identifica algumas razões para o desengajamento dos estudantes. Entre os fatores estão: falta de interesse, qualidade do ensino, clima do ambiente escolar e a baixa resiliência emocional.

Uma proposta didática adequada aos jovens pode contribuir para que a evasão escolar diminua. “De modo geral, essa evasão, principalmente na fase do ensino médio, acontece porque os jovens de hoje em dia pensam diferente. Eles gostam de movimento, de mudança, por isso investir em uma didática mais lúdica e que insira materiais tecnológicos pode ser uma solução para esse problema”, explica Osvaldo Martin, coordenador pedagógico do Colégio Vilas, uma das 18 mil instituições parceiras do Educa Mais Brasil, maior programa de inclusão educacional do país.

Para reverter o quadro, o estudo propõe a criação de políticas públicas para diminuir o desengajamento como a garantia de acesso às escolas, principalmente para aqueles que vivem em áreas rurais ou que têm alguma deficiência, um sistema de aconselhamento, flexibilização dos horários das aulas e do modelo de avaliação.

Proposta do Prefeito Temóteo Brito é aceita pelos professores de

Teixeira de Freitas: Nesta semana o Prefeito Temóteo Alves de Brito apresentou uma proposta aos professores da Rede Municipal de Teixeira de

Sonho de ser PM é realizado por um dia para garoto de zona rural

O sonho de ser policial militar foi realizado por um dia para garoto de zona rural. Bruno, morador do povoado de Serra do Frio, município de

APLB de Teixeira anuncia paralisação e Secretaria divulga nota

Diante de um posicionamento público da APLB/Sindicato, diretoria de Teixeira de Freitas, com a possibilidade de paralisação dos professores da

Junho é o mês da conscientização da infertilidade

Junho é o mês da conscientização da infertilidade. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 15% da população é infértil (de 50 a 80

Maioria das vítimas de estupro são menores de idade

O Atlas da Violência 2018 revelou que dos 22.918 casos de estupro registrados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) no Brasil, cerca de 68% das

Cursos da Faculdade Pitá​goras recebem nota de excelência pelo

Teixeira de Freitas: Os cursos de Fisioterapia e Educação de Física da Faculdade Pitágoras Teixeira de Freitas receberam nota de excelência na

Fies terá financiamento mínimo de 50% do valor do curso

O governo aumentou o teto e determinou o financiamento mínimo de 50% do curso para as contratações de empréstimos com o Fundo de Financiamento

UFSB abre novo Processo Seletivo para Professor Substituto

A Universidade Federal do Sul da Bahia torna público o Edital nº 19/2018, referente ao Processo Seletivo para Professor Substituto, que visa ao

Coletivo das Artes Motiró convida para sessão de cinema com o filme

O Cineclube “Sal na Pipoca”, do Coletivo das Artes Motiró, na reativação de suas atividades, vai exibir um filme, no mínimo, constrangedor,

Nossos Apoiadores: