Conselho responsável por patrimônios culturais vai avaliar tombamento de geoglifo no Acre

Um geoglifo localizado no Acre, construído em um período de 1,5 mil a 2,5 mil anos atrás, pode ser reconhecido como Patrimônio Cultural Brasileiro.

De acordo com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural vai se reunir nos dias 8 e 9 em Belém, no Pará, para decidir sobre o tombamento da curiosa estrutura. Se for tombada, ela será inscrita como patrimônio brasileiro e, portanto, ficará protegida por lei.

As estruturas conhecidas como geoglifos são um tipo de sítio arqueológico, formado por estruturas escavadas no solo, valetas e muretas que representam figuras geométricas de diferentes formas e grandes dimensões.

O geoglifo no Acre possui valas de aproximadamente 11 metros de largura e 2,5 metros de profundidade. A estrutura fica no sítio arqueológico Jacó Sá, a cerca de 50 quilômetros da capital, Rio Branco.

O Sítio Arqueológico Jacó Sá poderá ser o primeiro geoglifo tombado pelo Iphan. A gigantesca figura do Acre também está entre os bens candidatos a integrar a lista de Patrimônio Mundial – para isso, precisa ser avalizada pela Unesco, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Geoglifos no Brasil

Segundo a BBC Brasil, calcula-se que haja mais de 500 geoglifos no Brasil – a maior parte no Acre. O estudo dessas estruturas pode ajudar a contar um pouco sobre a ocupação pré-colombiana no País.

Desde que os primeiros geoglifos foram identificados na região amazônica, debates na comunidade científica tentam compreender suas funcionalidades.

Especulou-se que essas estruturas teriam sido construídas com propósito cerimonial; como uma espécie de oferenda aos deuses; ou também como o uso defensivo ou o manejo de recursos hídricos.

Fonte: Go Outside


Secretaria mobiliza educadores para a Semana Pedagógica 2019

Com o objetivo de planejar o ano letivo de 2019, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia realizará, entre os dias 4 e 8 de fevereiro, a

Veja dicas para se aposentar antes dos 40 anos

Aposentar-se cedo é o desejo de muitas pessoas, mas que parece distante da realidade. Porém, é possível que isso aconteça, desde que indivíduo

A onda de 1,6 mil metros que pode ter dizimado os dinossauros

A maior onda já documentada no hemisfério sul na história moderna tinha 23,8 metros de altura Em maio de 2018, cientistas documentaram nas

As espécies de animais que perdemos em 2018

Um tributo a todas as espécies extintas O ano de 2018 foi marcado por tristes notícias quanto à sobrevivência de vários animais. Quem não

Por que a estrela mais brilhante da galáxia é invisível a olho nu

Eta Carinae, estrela mais luminosa da Via Láctea, perderá nuvem de poeira que hoje ofusca seu brilho quando vista da Terra. Apesar de brilhar

A árvore que guiou a história humana e sustenta vida de milhares de

Há mais de 2 mil anos, o galho de uma importante árvore foi cortado sob ordens de Ashoka, o Grande, imperador da Índia. Diz-se que foi embaixo

Astrônomos flagram buraco negro 'devorando' estrela

Um telescópio a bordo da Estação Espacial Internacional captou sinais de um buraco negro "devorando" uma estrela. As imagens, detectadas em março

Lançado em julho de 2018, livro sobre Japonês da Federal vende mais

O livro que conta histórias do ex-agente da Polícia Federal, Newton Ishii, conhecido como o Japonês da Federal, já ultrapassou a marca de 10

Ibirapuã: Estudantes desenvolvem projeto para a produção de hortas

Ibirapuã: Estudantes do Colégio Estadual Professor Paulo Freire, em Ibirapuã (779 km de Salvador), utilizaram uma técnica para que qualquer

Nova espécie de cobra é encontrada dentro de outra cobra

A cobra Cenaspis aenigma foi encontrada há 42 anos, mas só agora os cientistas concluíram o seu estudo Biólogos descobriram uma espécie de

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: