Sinônimo de relaxamento e bem-estar, a banheira é o sonho de consumo de muita gente por aí. Entretanto, para que esse desejo se torne realidade , há alguns pontos importantes a serem verificados, como analisar a possibilidade de instalação e qual o modelo ideal para o formato e tamanho de cada banheiro.

Ter uma banheira em casa é o desejo de muitas pessoas, mas é preciso prestar atenção em alguns pontos antes de instalá-la

A arquiteta Fernanda Andrade explica que, mesmo em casas que não tenham a banheira em seu projeto original, é possível inseri-la no ambiente, mas com alguns cuidados. Isso porque, além da preocupação com as dimensões, o item requer atenção nas partes hidráulica e elétrica, principalmente para evitar vazamentos.

Além disso, é fundamental fazer uma boa vedação para evitar problemas futuros. “Ficar atento ao peso também é crucial, pois, em alguns casos, é necessária autorização do condomínio, caso a pessoa more em prédio, para instalá-la após avaliação do projeto estrutural do edifício”, continua.

Qual banheira escolher: de imersão ou de hidromassagem?

 A banheira pode ser tanto de imersão quanto de hidromassagem; saiba quais são as características de cada uma delas

Na hora de escolher o tipo de banheira, a arquiteta Estela Netto explica que isso vai depender do estilo de cada cliente. Segundo ela, não há uma melhor que a outra e, por isso, a escolha  vai varir de acordo com o perfil de cada um.

“A banheira de imersão não tem motor e a massagem através de jatos tradicionais. Esse modelo tem grande apelo estético, em sua maioria. Já as de hidromassagem são muito confortáveis e possuem diversos recursos disponíveis”, expõe.

Fernanda detalha que demanda pela de imersão é maior por ser mais simples de instalar, uma vez que não precisa de estruturas metálicas e de alvenaria para isso. “Ela é apoiada no piso e, portanto, não precisa de ponto de esgoto ou de água para ser instalada. Hoje em dia, ela tem sido muito usada por apresentar um design diferenciado e deixar o ambiente mais charmoso”, detalha.

De acordo com a profissional, as banheiras de linhas retas e formas limpas são mais indicadas para decoração no estilo moderno. Já as de linhas curvas e desenhos vitorianos (com referência no início do século XIX), por sua vez, proporcionam requinte ao ambiente.

Qual o melhor material?

Em se tratando de modelos e materiais, o que não faltam são opções no mercado. Atualmente, as banheiras são feitas de quatro elementos. Entenda cada um deles:

Acrílico

Por oferecer várias opções de formatos e modelos, é muito recomendado pelos profissionais da área, além de trazer um ótimo acabamento. Entre os benefícios, destaca-se por manter a temperatura da água por mais tempo, ser um material com mais brilho, resistentes a produtos químicos e, ainda, ser fácil de limpar.

Gel coat

É um tipo de resina ou gel de revestimento que, ao endurecer, fica com aspecto de louça sanitária. A boa notícia é que esse modelo é leve e resistente. Por outro lado, possui menos brilho que o acrílico, mas permite reparos em trincas e furos, além de ser mais barato e poder ser fabricado em várias cores. 

Quarrycast

É a mistura de rocha vulcânica bem moída com resina. Quando é de cor branca, a original, não amarela e nem perde brilho, mas pode ser encontrada em outras tonalidades. Além disso, mantém o calor da água por mais tempo. Este material é uma inovação no setor e usado em banheiras do tipo imersão.

Madeira

Os ofurôs são aqueles modelos inspirados em banhos da cultura japonesa, nos quais o corpo fica imerso em água quente até os ombros. O cedro é uma boa opção de material, pois apresenta grande resistência.

Fernanda esclarece que, entre todas as opções listadas acima, a mais recomendada é o acrílico, por ser moderno. Ele pode ser usado tanto na banheira de imersão quanto na de hidromassagem, além de ter alta qualidade e brilho superior ao gel coat.

Fonte: Delas

Campanha #CientistaTrabalhando é foco para processo científico

Ciência precisa estar no debate do dia a dia, diz especialista Chamar a atenção para o processo científico em meio à pandemia do novo

MEC anuncia que Enem será em 17 e 24 de janeiro de 2021

Provas digitais vão ocorrer em 31 de janeiro e 17 de fevereiro O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que teve a aplicação adiada por causa

Começam hoje inscrições para o Sisu

Pela 1ª vez, serão ofertadas vagas na modalidade a distância A partir de hoje (7), estudantes que participaram da edição de 2019 do Exame

Capes prorroga inscrições para 75 mil vagas em cursos a distância

Elas podem ser feitas até o dia 24 de julho As inscrições para 75 mil vagas para capacitação a distância oferecidas pela Coordenação de

Sisu.2: inscrições começam nesta terça (7) e vão até

Consulta de vagas do Proni também foi liberada De hoje até a próxima sexta-feira, 10, estudantes que participaram da última edição do Exame

Aplicativo do Enem terá simulados e provas de edições anteriores

Estudantes que buscam formas de se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem contar com mais uma ferramenta. A nova versão do

MEC abre consulta pública do Catálogo de Cursos Técnicos

Contribuições podem ser enviadas até a sexta-feira O Ministério da Educação (MEC) abriu, nesta segunda-feira (6), a consulta pública da

Conheça Ana Carla Carlos, estudante aprovada em seis universidades

Para dar continuidade nos estudos, Ana Carla lançou uma campanha para arrecadar recursos Ser agente de transformação é o sonho da estudante

Após sofrer acidente na adolescência, jovem decide fazer enfermagem

Aos 23 anos, Victor Ramos atua como técnico em enfermagem em um posto de saúde A maioria das pessoas sempre questiona o porquê de passarem por

Covid-19: biblioteca da CAPES contribui para pesquisas sobre o vírus

O acervo disponibilizado pela biblioteca é gratuito Diversos pesquisadores de pós-graduação, inclusive aqueles que se dedicam aos estudos sobre

Nossos Apoiadores: