Teixeira de Freitas: Diante do comunicado da APLB Sindicato sobre a paralisação a partir desta quinta-feira (21), o secretário de Educação e Cultura, Hermon Freitas, faz um apelo para que os professores não entrem em greve. 

“O nosso pedido é para que os professores se sensibilizem e não entrem em greve. Uma paralisação tem prejuízos enormes aos alunos, pais e também aos professores, que não gostariam de fazer greve. Nós continuamos em negociação, com diálogo aberto. Estamos aguardando um retorno do Governo Federal para que possamos apresentar uma proposta à categoria. Enquanto isso, volto a pedir para que a greve não aconteça e que as famílias não sejam prejudicadas”, disse Hermon.

Além deste apelo, feito durante a entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (19), o secretário apresentou o cenário financeiro para este ano e os dados do piso salarial pago aos professores, que é acima do piso nacional.

A receita prevista para a educação em 2019, de recursos do Fundeb, é de R$ 81.600.688,49. Deste total, somente com a folha de pagamento do magistério é de R$ 86.286.174,80, o que representa um déficit de R$ 4.685.486,31. Déficit que, somado ao reajuste do piso salarial reivindicado pelos professores de 7,58%, põe em risco os investimentos na educação e o pagamento dos atuais salários, algo na ordem R$ 12 milhões, só em 2019.

De acordo com o MEC, o piso nacional do Magistério para 40 horas, é de R$ 2.557,74, e R$ 1.278,87, para 20 horas. No entanto, a Prefeitura de Teixeira de Freitas paga acima do piso salarial: os professores efetivos, com carga horária de 40 horas, com dois concursos, recebem, em média, R$ 6.356,32, sendo a menor remuneração R$ 4.588,23 e a maior R$ 8.062,32.

A média paga a professores com 20 horas, com extensão de carga horária que soma 40 horas, é de R$ 5.238,37, sendo a menor remuneração R$ 3.432,63 e maior R$ 6.585,15. Já os professores com 20 horas, recebem, em média R$ 3.326,53, sendo o menor valor de R$ 2.147,75 e o maior de R$ 3.942,46. Remunerações estas, que superam o novo piso salarial divulgado pelo MEC.

“Na quinta-feira (21), data em que a APLB sindicato comunicou o início da greve, as escolas estarão abertas e vão funcionar. O que pedimos é a sensibilização de pais e professores para que esse movimento de greve cesse. O diálogo continua. Porém, neste momento, em que os repasses federais são insuficientes, não é matematicamente possível conceder o reajuste acima do piso nacional da categoria”, destaca Hermon.

De acordo com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), de 2009 a 2019, a receita do Fundeb aumentou 78,90%. Em contrapartida, a concessão do reajuste do piso do magistério foi de 149,77%, um crescimento de quase o dobro da receita ao longo de 20 anos. O recurso para pagamento de reajuste do piso salarial é federal, portanto, não depende da Prefeitura de Teixeira de Freitas e sim do Governo Federal.

Por: Liberdadenews/Ascom


Prazo de pagamento da taxa Enem 2019 encerra hoje

Interessados em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 que não foram contemplados com a isenção devem ficar atentos. O prazo

Mais de 16 mil alunos de Teixeira participam da Obmep

Nesta terça-feira, dia 21 de maio, aconteceu a 1ª fase de prova da 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – Obmep. A

MEC mantém bloqueio de R$ 5,8 bilhões após revisão orçamentária

Governo usa reserva e a libera R$ 1,5 bilhão para o Ministério da Educação O Ministério da Educação informou nesta quarta-feira (22) que

Prouni 2019: edital e cronograma foram divulgados para o segundo

Quem deseja cursar graduação com bolsas de estudo ofertadas por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni 2019) deve ficar atento para o

Partiu Estágio seleciona 1,4 mil universitários em novas

O governador Rui Costa anunciou na noite desta terça-feira (21), durante o #PapoCorreria, a convocação de 1.410 universitários para integrar o

UFSB é a mais afetada do País por cortes do MEC

Com corte de 53,96%, a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), localizada em Itabuna (distante a 642 km de Salvador), no sul do estado, foi a

Enem 2019: prazo para pagar boleto encerra nesta quinta-feira

Boleto deve ser pago até o dia 23 para validar a inscrição na prova. Prazo para requisição de atendimento por nome social se encerra na sexta,

Bolsas para graduação e mestrado na Itália

Uma oportunidade além da fronteira, a Università Commerciale Luigi Bocconi oferece bolsas de estudo para graduação e mestrado na Itália com o

Encceja 2019: estudantes podem se inscrever a partir de hoje

Estão abertas, a partir desta segunda-feira (20), as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos

Enem 2019 recebe 5,8 milhões de inscrições

Prova será aplicada em 3 e 10 de novembro. Taxa de inscrição é de R$ 85. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 registrou, até as

UAI Brasil
Nossos Apoiadores: