Você deve ter visto nas aulas de história do seu curso preparatório enem que a vida na Idade Média não era muito fácil, não é verdade? Um dos períodos mais complexos ocorreu no final do século XIII. Estamos falando da chamada “Santa Inquisição”.

Para gabaritar as questões relacionadas a esse período, o aluno precisa entender as motivações da Igreja Católica e as consequências que as decisões dessa instituição causaram na Europa. Preparado? Então, leia com atenção este artigo!

O medo de ir para o Inferno

A Igreja Católica detinha grande poder e influência na Europa do período medieval. Isso fazia com que a religião influenciasse as decisões dos chefes de estado, ditasse normas culturais e mantivesse grande influência social nos cidadãos daquele continente.

Contudo, é importante lembrar que estamos falando de muitas regiões, cada qual com a sua cultura. Por isso, durante toda a sua história, a Igreja foi padronizando a sua narrativa, de modo que as mesmas interpretações sobre a história do Cristianismo fossem difundidas, evitando várias versões.

Sendo assim, no ano de 1233, o Papa Gregório IX cria o tribunal do Santo Ofício, com o objetivo de punir heresias. Ou seja, qualquer manifestação sobre o Cristianismo ou sobre a conduta religiosa que não estivesse em conformidade com o que havia sido decidido nos concílios católicos, seria punido. Como a Igreja detinha grande poder, essa punição estava acima de qualquer outro tribunal.

É importante frisar que essa sociedade era teocêntrica. Isso significa que todo pensamento era baseado na existência de Deus, portanto, não fazia sentido contestar a Igreja, uma vez que ela era a representante de Cristo na Terra.

A lista de heresias

A Inquisição não era apenas um tribunal. Ela também atuava como uma espécie de serviço de espionagem. Seus membros frequentavam diferentes ambientes com o objetivo de verificar comportamentos que não estivessem em conformidade com os dogmas da Igreja.

Isso incluía, logicamente, outras manifestações religiosas. Portanto, manifestantes de outras religiões, como judeus e muçulmanos, foram perseguidos. Essa investigação poderia começar ao perceber que uma pessoa se recusava a comer carne de porco, já que tanto no Judaísmo quanto no Islamismo, o consumo de carne suína não é permitido.

Para combater a ascensão de outras religiões, incluindo, posteriormente, os protestantes, a Igreja contava com as forças militares dos nobres católicos. 

Os sacerdotes poderiam ainda fazer uma longa pesquisa nos arquivos da Igreja para identificar se toda a ascendência de uma pessoa havia se batizado. Religiões pagãs, manifestadas pelo uso de plantas medicinais, também não eram toleradas. 

Do ponto de vista comportamental, a chamada sodomia (sexo anal) ou qualquer atitude que fugisse ao padrão vigente era investigado e punido.

Além disso, falar do Cristianismo de forma a contestar a Igreja não era aceito. Joana D’arc, por exemplo, foi queimada por heresia no ano de 1412 por afirmar que ouvia as vozes de santos católicos.

O uso de tortura

Uma pessoa identificada como herege poderia ser punida de diferentes formas, dependendo da gravidade do seu ato. Existiam penalidades que ridicularizavam o fiel, fazendo-o usar máscaras de ferro por meses.

Como o castigo físico era compreendido como uma maneira de remediar o pecado, algumas pessoas eram condenadas ao autoflagelo, chicoteando a si mesmas. Todavia, a Igreja também aceitava o confisco de bens como punição.

Os castigos poderiam se tornar mais severos se a pessoa se recusasse a confessar a heresia. A confissão era obtida por meio de complexos instrumentos de tortura física e psicológica. Sendo esse, um dos traços mais marcantes da Inquisição.

Todavia, a punição mais grave que poderia acontecer era a excomunhão, já que isso condenava a pessoa ao inferno.

Agora que você entendeu o contexto e o que foi a Santa Inquisição, ficará mais fácil responder questões relacionadas a esse tema, não é mesmo?


Encceja 2019: veja o que você precisa saber

Esta edição já conta com mais de 2 milhões de inscritos Destinado a brasileiros que não concluíram o ensino fundamental ou médio em idade

Escolas distritais de Teixeira recebem internet banda larga

Teixeira de Freitas: Os primeiros distritos de Teixeira de Freitas a receber o serviço de internet banda larga via satélite pelo programa

No Dia do Ciclista, campanha alerta sobre uso seguro da bicicleta

A Campanha Bicicleta Segura, da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (Sbot), chama a atenção para o Dia do Ciclista, comemorado

Brasil divulga filmes que disputam indicação ao Oscar

Desta vez vai? Dois filmes brasileiros premiados em Cannes, em maio - Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, que participou da

No Dia Mundial da Fotografia, confira um ensaio sobre o cotidiano das

O fotógrafo Gilucci Augusto conta como foi a experiência desses registros Hoje (19), é comemorado o Dia Mundial da Fotografia. A invenção traz

Mais de 150 crianças e jovens participam do Workshop de preparação

Teixeira de Freitas: Uma tarde para se preparar para um sonho. Assim foi o workshop neste sábado (17) organizado pela Casa da Cultura para

Ministro diz que em setembro, bolsas do CNPq podem ficar sem

Déficit orçamentário do órgão é de R$ 330 milhões, valor necessário para o pagamento das bolsas até o fim do ano. O Ministro da Ciência

MEC prorroga prazo do Future-se para sugestões da consulta pública

Comentários poderão ser enviados até 29 de agosto. Programa pretende flexibilizar o financiamento do ensino superior alterando leis para que as

Etapas do Prouni e Fies são adiadas; confira novas datas

Termina na próxima segunda-feira (19) o prazo para os candidatos não matriculados em instituição de ensino superior (IES) as quais têm interesse

Prefeitura Mais Perto de Você leva serviços para Cachoeira do Mato

Diversos serviços foram disponibilizados para os moradores do Distrito de Cachoeira do Mato, distante cerca de 50 km da sede, nesta quinta-feira

Policia
Nossos Apoiadores: