O edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 - uma das principais formas de ingresso no ensino superior do país - já está disponível. O mesmo, foi divulgando nesta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O documento está disponível no Diário oficial e na página do programa. As inscrições começam em maio.

Os candidatos que não obtiverem direito à isenção devem pagar a taxa de R$ 85 - no ano passado, a taxa foi de R$82. O pagamento pode ser feito em agências bancárias, Casas Lotéricas e Correios. A solicitação da isenção deve ser feita de 1º a 10 de abril. E atenção: quem teve direito à isenção em 2018, mas não compareceu nos dias de prova, deve justificar a ausência para conseguir novamente o benefício.

Tem direito a isenção estudantes que estejam cursando o último ano do ensino médio na rede pública, candidatos que tenham cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio e aqueles que declararem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membros de família de baixa renda, e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Novidades

Neste ano, o Enem terá novidades em relação a anos anteriores, entre elas: novo sistema de inscrição, inclusão opcional de foto na inscrição, espaço com linhas para rascunho da redação e espaço para cálculos no final do caderno de questões. Além disso, surdos, deficientes auditivos e surdocegos poderão indicar, na inscrição, se usam aparelho auditivo ou implante coclear.

A nota obtida no Exame pode ser utilizada no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de Ensino Superior, no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que financia cursos em universidades privadas, e no programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudo. 

Calendário

Pedido de isenção: 1º a 10 de abril

Justificativa de ausência no Enem 2018: 1º a 10 de abril

Resultado da solicitação de isenção: 17 de abril

Solicitação de recursos caso a isenção seja negada: 22 a 26 de abril

Pedido de atendimento especial ou de uso de nome social: 6 a 17 de maio

Pagamento da taxa de inscrição: 6 a 23 de maio

Inscrições: 6 a 17 de maio

Provas: 3 e 10 de novembro

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Sisu.2: inscrições começam nesta terça (7) e vão até

Consulta de vagas do Proni também foi liberada De hoje até a próxima sexta-feira, 10, estudantes que participaram da última edição do Exame

Aplicativo do Enem terá simulados e provas de edições anteriores

Estudantes que buscam formas de se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem contar com mais uma ferramenta. A nova versão do

MEC abre consulta pública do Catálogo de Cursos Técnicos

Contribuições podem ser enviadas até a sexta-feira O Ministério da Educação (MEC) abriu, nesta segunda-feira (6), a consulta pública da

Conheça Ana Carla Carlos, estudante aprovada em seis universidades

Para dar continuidade nos estudos, Ana Carla lançou uma campanha para arrecadar recursos Ser agente de transformação é o sonho da estudante

Após sofrer acidente na adolescência, jovem decide fazer enfermagem

Aos 23 anos, Victor Ramos atua como técnico em enfermagem em um posto de saúde A maioria das pessoas sempre questiona o porquê de passarem por

Covid-19: biblioteca da CAPES contribui para pesquisas sobre o vírus

O acervo disponibilizado pela biblioteca é gratuito Diversos pesquisadores de pós-graduação, inclusive aqueles que se dedicam aos estudos sobre

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

Cronograma das atividades deve ser orientado pelo governo local O Ministério da Educação (MEC) definiu um protocolo de biossegurança para a

Casa da Cultura irá promover Festival Cultural “Dedicasa tem

As mídias digitais tem sido fundamentais na disseminação da cultura durante este período de pandemia. A Casa da Cultura, órgão ligado à

SEC- BA e APLB dialogam sobre protocolos de volta às aulas

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) promoveu, nesta terça-feira (30), uma reunião virtual com dirigentes da SEC e representantes da APLB

Ministro da Educação deixa o governo após cinco dias no cargo

Antes mesmo de tomar posse, o ministro da Educação, Carlos Decotelli, deixou o cargo após o presidente Jair Bolsonaro ter aceitado seu pedido de

Nossos Apoiadores: