Decisão não vê ilegalidades no contingenciamento de recursos

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) aceitou nesta quarta-feira (12) recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e derrubou a decisão da Justiça Federal da Bahia que suspendeu, na semana passada, o contingenciamento de verbas de universidades federais e de outras instituições públicas de ensino.

Na decisão, o desembargador Carlos Moreira Alves, presidente do tribunal, entendeu que não há ilegalidades no bloqueio temporário de recursos, que também ocorreu nos demais órgãos do Poder Executivo, não somente no Ministério da Educação, segundo o magistrado.

"A programação orçamentária e financeira não afetou apenas a área da Educação, mas a de todos os demais ministérios do Poder Executivo, deixando ver a impessoalidade da medida necessária para a busca do equilíbrio fiscal e do aprimoramento da gestão dos recursos públicos, indispensável para o alcance da estabilidade econômica do país", decidiu o desembargador.

Na sexta-feira (7), a juíza Renata Almeida de Moura, da 7ª Vara Federal de Salvador, atendeu a pedido feito em oito ações populares contra o contingenciamento de verbas, que foi anunciado pelo governo federal no fim de abril. Em todos os casos, há questionamento acerca do volume de bloqueios, bem como em relação aos critérios adotados pelo MEC na distribuição dos limites orçamentários.

AGU

No pedido de derrubada da liminar, a AGU citou que o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do 1º Bimestre de 2019 indicou a necessidade de contingenciar R$ 29,6 bilhões no âmbito do Poder Executivo Federal. “Desta forma, foi editado o Decreto nº 9.741/19, que afetou não somente a Educação, mas todos os ministérios – o da Defesa, por exemplo, teve 52,3% dos recursos para despesas discricionárias bloqueados”, divulgou, em nota, o órgão.

A AGU argumenta que o bloqueio foi feito em estrito cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, que determina que o Poder Público deve limitar a movimentação financeira sempre que a arrecadação não for compatível com as metas de resultado primário ou nominal e avalia que este seria o caso de aplicação da lei.

Fonte: Agência Brasil


Inscrições para vagas remanescentes do Fies terminam amanhã (11)

Esse prazo é válido para candidatos não matriculados na IES Os candidatos não matriculados na Instituição de Educação Superior só têm até

Enem 2019 está perto: confira quais documentos são validos para o

As provas serão realizadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Teixeira: Justiça determina que APLB retire outdoors com Fake News

Teixeira de Freitas: O Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Teixeira de Freitas, Dr. Roney Jorge Cunha Moreira, deferiu requerimento do

Programa Partiu Estágio oferece cerca de 3 mil vagas para

O programa Partiu Estágio, do Governo da Bahia, abriu 2.838 vagas nesta quarta-feira (4). Os interessados terão até o dia 4 de outubro para

Acordo põe fim à greve dos professores de Alcobaça

Alcobaça: O retorno das aulas está marcado para a próxima segunda-feira, dia 09 de setembro. Essa foi a decisão conjunta dos representantes do

Estudantes de Teixeira se encantam com a Incrível Maquina de Livros

Interativo, lúdico e o mais importante: incentiva a leitura. A Incrível Maquina de Livros está estacionada na Praça da Bíblia, no centro de

Fies 2019: processo seletivo para as vagas remanescentes iniciam hoje

Candidatos devem acessar site do programa e fazer a inscrição Começa hoje (4) o processo seletivo para vagas remanescentes do segundo semestre de

Programa oferta bolsas de estudo para alunos em 2020

As bolsas integrais são para todo ensino médio Uma iniciativa do Instituto SOMOS, braço social das redes Kroton Educacional e Somos Educação, o

Programa promove intercâmbio de estudante brasileiros para o Japão

Até o dia 4 de setembro, próxima quarta-feira, os 41 institutos da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica espalhados

Em greve, professores da rede municipal de Alcobaça bloqueiam BA-290

Alcobaça: Professores da rede municipal de Alcobaça, no sul da Bahia, realizam uma manifestação na BA-290, em trecho da própria cidade.

Teixeirão 25 Anos
Policia
Nossos Apoiadores: