O exame será aplicado em 11 de outubro deste ano

O Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) terá novo edital publicado em julho. A prova será aplicada em 11 de outubro.

A divulgação das datas, feita pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, nessa quinta-feira (14), acaba com uma espera de milhares de pessoas há três anos.

O Revalida terá duas etapas: teórica e prática. A primeira é dividida em duas provas: uma com 100 questões objetivas, no turno da manhã; e a outra, com cinco questões discursivas, à tarde.

A segunda etapa, prevista para dezembro, é realizada em uma estação clínica, com edital próprio, e só poderá fazê-la quem for aprovado na primeira etapa. “O candidato fará 10 anamneses — ‘entrevistas’ para diagnóstico inicial da doença — em ‘pacientes’ com diversos sintomas simulados”, diz nota publicada pelo Ministério da Educação, em seu portal.

Quem reprovar na segunda fase pode refazê-la por mais duas vezes em edições consecutivas — anteriormente, era necessário realizar todo o processo desde o início.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, já selecionou os profissionais que formarão a comissão avaliadora do Revalida. As questões sairão do banco nacional de itens do Revalida. Composta por dez integrantes, a comissão ficará responsável por selecioná-los.

Nota de corte

De acordo com o MEC, a nota de corte do Revalida é calculada pelo método Angoff modificado. Uma comissão independente e formada por professores não responsáveis pela seleção dos itens analisará uma a uma as questões para estimar a chance de acerto dos participantes.

A média de acertos para cada item é computada e utilizada no cálculo de uma média geral de acertos, que se converte nos pontos de corte. Estes variam a cada edição, a depender do nível de dificuldade da prova. O método permite informar, com antecedência, as notas de corte. Todos os detalhes estarão disponíveis no edital.

O Revalida tem o objetivo de verificar a aquisição de conhecimentos, habilidades e competências requeridas para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS), em nível equivalente ao exigido dos médicos formados no país.

O exame foi criado em 2011, resultado de parceria entre os ministérios da Educação e da Saúde. Foram sete edições até 2017, com um total de 24.327 inscrições. A maioria dos participantes nas sete edições era de nacionalidade brasileira — no último exame, aproximadamente 60%.

*Com informações do Ministério da Educação

Fonte: Agência Brasil

Covid-19: MEC suspende pagamento de parcelas do Fies

Medida vale enquanto durar o estado de calamidade pública O Comitê Gestor do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) autorizou a suspensão das

Último dia para fazer as inscrições para o Enem é nesta quarta

MEC estendeu o prazo previsto no edital até o dia 27. Estudantes devem acessar a Página do Participante e tem até quinta (28) para pagar taxa O

Inadimplência cresce em instituições de ensino superior

Dados mostram que 26,3% estão com mensalidades atrasadas A taxa de inadimplência nas instituições privadas de ensino superior ficou em 26,3%

SISU 2020.2: MEC inclui oferta de vagas para cursos a distância

As alterações passam a valer já para o processo seletivo do segundo semestre O Ministério da Educação (MEC) publicou uma portaria alterando as

Sisu oferecerá vagas em cursos de ensino a distância

As vagas são oferecidas com base nas notas do Enem O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ofertará, a partir do segundo semestre, vagas para

Enem 2020: plataformas on-line e gratuitas liberam conteúdos

Conteúdos auxiliam os estudantes em diversas disciplinas Com o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, sem novas

Supertelescópio registra sinais inéditos de nascimento de planeta

Cientistas estavam observando jovem estrela chamada AB Aurigae, que fica a 520 anos-luz da Terra, quando notaram denso disco de poeira e gás girando

Governo prorroga prazo de inscrição do Enem até dia 27

Medida foi anunciada pelo ministro da Educação pelo Twitter O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou a prorrogação do prazo de

Estudantes dividem opiniões sobre o adiamento do Enem 2020

A suspensão das provas foi aprovada pelo Senado na terça-feira (19) O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Mais de 4 milhões de estudantes não têm internet em casa no Brasil

A ausência desse recurso interfere diretamente na educação De acordo com os dados divulgados na semana passada pelo Fundo das Nações Unidas

Nossos Apoiadores: