Em nova decisão, o Ministério da Educação (MEC) autorizou aulas a distância ou a suspensão temporária para atividades de instituições federais de cursos técnicos e profissional até 31 de dezembro de 2020, em razão da pandemia de covid-19. A portaria de autorização foi publicada nesta terça-feira, 4, no Diário Oficial da União (DOU) e entra em vigor nesta quarta-feira, 5.

As aulas para essa modalidade foram suspensas, inicialmente, por 60 dias, no início da pandemia, de acordo com portaria publicada na edição em 6 de abril, no DOU.

Com a nova portaria, estágios e práticas de laboratórios também poderão ser realizados à distância desde que obedeçam aos seguintes critérios: garantam a replicação do ambiente de atividade prática ou de trabalho; propiciem o desenvolvimento das habilidades e competências esperadas no perfil profissional do técnico; estejam de acordo com a Lei do Estágio e sejam passíveis de avaliação de desempenho pela instituição de ensino.

Portanto, a partir de agora, as instituições federais que que optarem por atividades não presenciais deverão disponibilizar, aos estudantes, o acesso às ferramentas e materiais de apoio e às orientações para a continuidade dos estudos. As atividades poderão ser mediadas ou não por tecnologias digitais.

Já as instituições que optarem pela suspensão das aulas presenciais deverão repô-las integralmente, para cumprimento da carga horária total do curso, e poderão alterar os seus calendários escolares, inclusive os de recessos e de férias, conforme pontua a portaria.

Para a realização das aulas, os estudantes de cada curso deverão ser comunicados sobre o plano de atividades com antecedência mínima de quarenta e oito horas da execução das atividades.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Por que Microsoft deixou 855 computadores no fundo do oceano por

Experimento pouco comum da Microsoft chegou ao fim agora Dois anos atrás, a Microsoft colocou um centro de dados no fundo do mar na costa de

No Peru, pandemia levou cerca de 300 mil alunos a desistirem da

Número equivale a 15% dos estudantes do país. Entre os motivos estão a necessidade de trabalhar e as dificuldades de acesso a aulas

Ministro da Educação diz que jamais incentivou discriminação

Milton Ribeiro afirmou que declarações foram retiradas do contexto O ministro da Educação, Milton Ribeiro, divulgou nota neste sábado (26)

Não se deve menosprezar a capacidade de um surdo, diz pesquisador

Professor Messias Ramos, que é surdo, estuda linguística no doutorado Entre livros, aulas e pesquisas, Messias Ramos Costa se prepara para

CIEE lança programa para capacitar estudantes do ensino médio

Estágio terá carga horária diária de seis horas O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) lançou hoje (24) um programa voltado para a

Alunos com Fies podem suspender pagamentos até o fim da pandemia

Nova resolução amplia benefício enquanto durar estado de calamidade Estudantes que têm contratos do Financiamento Estudantil (Fies) por meio

Entidades estudantis convocam atos contra corte no orçamento

A mobilização é organizada pela UNE, a UBES e a ANPG e ocorrerá nesta quarta-feira (23). Estão marcadas para esta quarta-feira (23/9)

Enem: estudantes têm até 1º de outubro para inserir foto no

A fotografia deve mostrar o rosto inteiro do participante Até 23h59 (horário de Brasília) do dia 1º de outubro inscritos no Exame Nacional do

Inscrições para o Revalida são abertas e seguem até 2 de outubro

Exame para validar diplomas de medicina obtido em universidades estrangeiras não é feito desde 2017. Prova teórica será em 6 de dezembro. As

A Maneira como os animais compreendem os números

A matemática e os números nasceram para resolver problemas reais Uma das descobertas mais importantes das últimas décadas foi a de que a

Nossos Apoiadores: