Com a presença de estrelas mundialmente conhecidas, como a colombiana Shakira, a norte-americana Alicia Keys e o grupo Black Eyes Peas, a festa de abertura da Copa do Mundo, realizada nesta quinta-feira (10), em Johannesburgo, foi uma celebração da África e da alegria de seu povo por receber a maior competição do futebol mundial.


A cerimônia teve um tom patriótico. O momento mais emocionante foi a homenagem ao ex-presidente Nelson Mandela, o principal líder da luta contra o apartheid. Com saúde frágil, ele não compareceu, mas ganhou elogios do bispo Desmond Tutu, vencedor do Prêmio Nobel da Paz em 1984 e outra estrela do combate ao racismo.


Com a camisa dos Bafana Bafana (a seleção sul-africana), ele pediu uma ovação para Mandiba - o apelido de Mandela. Brancos e negros berraram: "Viva Mandiba". Nelson Mandela é esperado para estar no jogo desta sexta-feira (11), entre África do Sul e México, que abre a Copa do Mundo. A partida será no Soccer City, em Johannesburgo.


A festa teve o marco de ser realizada no Orlando Stadium, no meio de Soweto - berço da luta contra o apartheid. Joseph Blatter, presidente da Fifa, lembrou disso ao fazer seu discurso no começo do evento.


- A Fifa está muito feliz de estar com a Copa na África do Sul. E está muito feliz de estar em Soweto.


Os espectadores receberam bandeiras da África do Sul e serviram de figurantes para a bela festa. Quando o Black Eyes Peas começou a cantar
I´ve Got a Feeling, seu principal hit, a multidão - de mais de 30 mil pessoas - explodiu. O líder da banda, Will.I.Am, apareceu depois com a bandeira brasileira ao lado do cantor africano K’Naan em Waving Flags, uma das músicas oficiais da Copa.

Após a apresentação de Shakira, o secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, e o chefe do comitê organizador, o sul-africano Danny Jordaan, deram as boas vindas aos torcedores e apresentaram a taça da Copa do Mundo, carregada pelo francês Patrick Vieira, um dos jogadores campeões do mundo em 1998.


Em seguida, uma apresentação com dezenas de artistas cantando
Playing For a Change, acompanhados de garotos e garotas fazendo embaixadinhas, encerrou o espetáculo. Show, agora, só com a bola rolando, em 64 jogos, a começar por África do Sul e México, que começa às 11h (de Brasília).


Brasil vence Coreia do Sul e encerra jejum de vitórias

O Brasil fez as pazes com a vitória na manhã desta terça-feira (19). Jogando no estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi, o time Canarinho

UFC promete três eventos no Brasil em 2020

O UFC se despediu do Brasil neste ano com o evento em São Paulo no último sábado, 16. Nele, o show foi de Charles do Bronx, que ganhou por

Bahia empata com o Palmeiras e mantém jejum na Fonte Nova

O Bahia empatou em 1 a 1 com o Palmeiras, na tarde deste domingo, 17, na Arena Fonte Nova. Com o resultado, o time mantém o jejum de sete

Vitória fica a um triunfo de permanência na Série B

O Vitória nunca esteve tão perto de confirmar a permanência na Série B como agora. Depois de muitas rodadas de convívio com a ameaça do

Contra o Palmeiras, Bahia tenta quebrar jejum que dura 31 anos

Tricolor não vence o time paulista como mandante desde o Brasileirão de 1988 O jejum do Bahia na Série A do Brasileirão tem incomodado e

Flamengo e Vasco empatam em jogaço de 8 gols no Maracanã

Líder do Brasileiro abre 11 pontos de vantagem para Palmeiras Flamengo e Vasco empataram em 4 a 4 em um grande partida disputada na noite desta

Brasil emplaca duas dobradinhas no pódio do Mundial

No masculino vieram medalhas nos 100m T11, e no feminino nos 200m T11 A primeira dobradinha brasileira hoje (13) no Mundial de Atletismo

Brasileiro bate recorde em lançamento de disco em Dubai

Este é o décimo ouro do Brasil, vice-líder no quadro de medalhas A quarta-feira (13) começou dourada para o Brasil no Mundial de Atletismo

Brasil fecha dia com 6 medalhas e está em 3º no Mundial de

Quatro bronzes, uma prata e um ouro. O Brasil conquistou seis medalhas nesta segunda-feira, 11, no Mundial de Atletismo Paralímpico de Dubai e

Vitória busca garantir permanência na segunda divisão

O momento pode ser considerado o melhor do Vitória na temporada. Nas últimas oito partidas em que disputou, o Leão venceu quatro e perdeu apenas

Nossos Apoiadores: