Por onde anda a força do Bahia jogando em casa? O time segue em busca da resposta enquanto vai levando pancadas em série. Na noite deste sábado, 26, tomou 3 a 2 do Inter, na Fonte Nova, chegando à quarta partida seguida sem vencer como mandante no Brasileiro. Foram três derrotas e um empate.

Graças, principalmente, a esse momento ‘estranho no ninho’, o Tricolor vê o sonho da vaga na Libertadores cada vez mais longe. Ao perder para um concorrente direto, permaneceu na oitava colocação, agora a quatro pontos do G-6.

O próximo compromisso do Esquadrão é na quinta-feira, quando visita o Santos às 19h15. Neste jogo, terá a volta do atacante Élber, que cumpriu suspensão neste sábado.

Péssima atuação

O Bahia terminou o primeiro tempo na Fonte Nova sem acertar um chute na direção do gol. Estatística que ajuda a retratar a péssima atuação do time nos 45 minutos iniciais, que, para sorte do Tricolor, terminaram sem gols.

Com o armador Guerra no banco e a aposta na improvisação do lateral João Pedro no meio-campo, o Esquadrão ganhou mais um carregador de bola, assim como os dois pontas. Assim, sem jogadores com aptidão para ligar as jogadas do meio para o ataque, sobraram bolas perdidas entre as intermediárias. A consequência foi o avanço sempre perigoso do Inter a partir dessas interceptações.

Aos 14 minutos, após roubada de bola, Wellington Silva tentou da entrada da área e Douglas espalmou. Em lance semelhante, aos 25, Neilton recebeu de Wellington Silva e chutou por cima. Antes, aos 10 minutos, o Colorado teve a melhor chance do jogo em cobrança de escanteio. Heitor cruzou e Victor Cuesta disparou torpedo de cabeça. A bola tocou, caprichosamente, nas duas traves antes de ser afastada por Juninho.

O Bahia pouco fazia. A primeira jogada possível de se registrar, aos 23, foi uma finalização de muito longe de Artur, que passou relativamente perto da meta defendida por Marcelo Lomba. Aos 30, a equipe teve sua única oportunidade clara. Marco Antônio, seu mais ativo jogador de ataque, cruzou em cobrança de falta e Juninho testou para fora.

Quatro minutos depois, o Inter ainda teve mais uma chegada, com Guerrero batendo de esquerda para outra boa defesa de Douglas. Mas os times foram mesmo para o intervalo com o placar zerado. Chance que caiu do céu para o Bahia recomeçar do zero. No entanto, Roger Machado manteve a mesma formação, e o castigo veio logo aos três minutos. Guilherme Parede tocou e Guerrero acabou com um jejum de sete partidas sem gols ao acertar chute no cantinho.

Logo depois, Roger sacou o confuso João Pedro para colocar Guerra, criticado por atuações anteriores. E aí, aos sete minutos, o Inter ampliou em falha incrível de Nino, que, ao tentar recuar para Douglas, deu ‘assistência’ para Guilherme Parede driblar o goleiro e

O Esquadrão até tentou uma reação rápida, mas Marco Antônio teve chute bloqueado aos oito minutos e, aos 10, Gilberto falhou em tentativa de finalizar sem ângulo. 

Só que o gás pareceu acabar e o clima ficou o pior possível na Fonte, com protestos de parte da torcida, que passou a aplaudir o toque de bola do Inter e a vaiar o Bahia. Foi nesse cenário que Artur conseguiu diminuir, aos 25, em chute que tocou na trave, em Lomba e entrou. Porém, nem deu muito tempo para sonhar com uma reviravolta. Quatro minutos depois, Lucas Fonseca saiu jogando errado e Edenilson interceptou. Ele tocou para Guerrero, que acertou bela finalização para fazer o terceiro.

O Tricolor ainda deu mais um suspiro aos 41, quando Juninho deu um chutaço de primeira após passe de cabeça de Guerra. Mas não havia tempo nem força para reação.

Fonte: Atarde

Brasileiro: Fluminense fica no 0 a 0 com Bragantino

Tricolor entrou em campo muito desfalcado após surto de covid O Fluminense jogou muito mal nesta segunda-feira (30) e não passou de um

STJD suspende técnico Mano Menezes por quatro jogos

O técnico Mano Menezes foi julgado nesta segunda-feira, 30, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e pegou um gancho de quatro

Fonte Nova vai ganhar iluminação em homenagem a Maradona

A Arena Fonte Nova, localizada no bairro de Nazaré, em Salvador, vai ser iluminada de azul, em homenagem ao jogador argentino Diego Maradona, na

Após vitórias, seleção mantém 3ª posição do ranking da Fifa

Itália retorna ao top 10 depois de quatro anos A Fifa anunciou nesta sexta-feira (27) mais uma edição do seu ranking de equipes nacionais,

Corpo de Diego Maradona é enterrado em cemitério na Argentina

O corpo do lendário ex-craque Diego Maradona foi enterrado nesta quinta-feira, 26, em um cemitério particular, ao noroeste de Buenos Aires, na

Napoli vence partida emotiva um dia após a morte de Maradona

Argentino fez história pela equipe italiana O Napoli superou o Rijeka (Croácia) por 2 a 0 nesta quinta-feira (26), em sua primeira partida

Liga dos Campeões: Bayern vence e chega às oitavas de final

Time de Munique derrota Salzburg por 3 a 1 O atual campeão europeu Bayern de Munique não teve uma atuação de destaque, mas fez o

Diego Maradona morre na Argentina aos 60 anos

Maior jogador da história do futebol argentino sofreu parada cardiorrespiratória em casa, onde se recuperava de uma cirurgia no cérebro. Velório

Vôlei de Praia: fase principal do Circuito Brasileiro segue no Rio

Competição envolve 24 das melhores duplas do país A fase principal da quarta etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Feminino

Fifa propõe licença-maternidade obrigatória para jogadoras

Atletas teriam direito a 14 semanas, com 2/3 do salário contratado A Fifa pretende adotar novos regulamentos para proteger os direitos das

Nossos Apoiadores: