Lajedão: Na manhã desta quarta-feira, 06 de janeiro, três funcionários concursados da Prefeitura Municipal de Lajedão compareceram na Delegacia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, registrando um Boletim de Ocorrência, relatando que foram impedidos de adentrar à Prefeitura Municipal para exercerem suas funções. A reportagem do Liberdade News conversou com os funcionários, que se sentiram humilhados, e com seus direitos cerceados, sendo necessário comparecer à delegacia de Polícia para registrar a ocorrência.

O engenheiro civil do município, Emerson Vinicius Vitor Souza, relatou que se apresentou no primeiro dia útil para trabalhar, e foi informado por Maria de Lourdes Tavares, a qual estava na porta no momento, e disse que eu estava impedido de adentrar ao interior da Prefeitura para trabalhar, por ordem do prefeito municipal, Ariston Almeida, o “Tonzinho” (PROS). Fiquei aguardando, na área externa da prefeitura, tomando sol até ao meio dia e não obtive nenhuma resposta. No dia seguinte, voltei à prefeitura e o comportamento da Maria de Lourdes foi o mesmo”.

O procurador municipal concursado, Fernando Rios de Souza, disse que a Maria de Lourdes falou que o município não precisava de procurador, pois a prefeitura já o tem. “Como um procurador é impedido de adentrar à prefeitura para trabalhar? Estou muito preocupado, sofrendo constrangimento. Os correligionários do prefeito passam gritando e zombando, e os constrangimentos já passam do limite. Estou aqui nesse momento, registrando um Boletim de Ocorrência, orientado pelo nosso advogado, para que os trâmites legais sejam cumpridos e restabelecidos. A única coisa que quero é que restabeleça os nossos trabalhos”.

A funcionária Hiuzelia Caldeira Santos, concursada há 30 anos na área de tributos, disse que sempre trabalhou com muita satisfação, sempre foi comprometida com as obrigações e com suas funções no trabalho. “Aí chega ao ponto de a gente estar passando uma humilhação dessa, um constrangimento. Não é fácil, abala muito o emocional da gente. A princípio já tivemos lá na prefeitura no primeiro dia útil de trabalho, e a ex-prefeita Maria de Lourdes Tavares, que estava na recepção, nos disse que não tínhamos autorização para entrar, por ordem do gestor do munícipio, disse que estava cumprindo uma ordem na verdade”.

“Então, isso é muito chato, quando você é uma pessoa irresponsável por seus atos, tudo bem. Mas, quando você tem comprometimento, tem responsabilidade com o trabalho, aí o sentimento é muito forte. Tenho mais de 30 anos (trinta) de serviços prestados ao município, e não se registra nenhum ato de irresponsabilidade, exceto lá em 2015, que a própria ex-prefeita Maria de Lourdes tentou um processo administrativo contra a minha pessoa de uma forma ilegal, e foi parar na justiça. Eu ganhei a questão”, explicou Hiuzelia.

“O juiz me deu favorável, porque ele detectou no processo que caracterizava a mesma questão de hoje, que seria uma perseguição política”. Estou aqui nessa manhã registrando um boletim de ocorrência, para adiantarmos esse processo. Para que possamos nos defender judicialmente. Tenho convicção de meus comprometimentos e de minhas responsabilidades com tudo que eu faço”, finalizou a servidora Hiuzelia Caldeira.

A gestão do atual prefeito de Lajedão começou com problemas. Nossa equipe de reportagem apurou que o prefeito Tonzinho já rompeu com o seu vice-prefeito Nilson Manoel da Silva, o Nilsão (PSB). Segundo informações prefeito e vice trocaram farpas. Inclusive, há informações que o vice-prefeito teve um papel importante na formação da presidência da Câmara Municipal para o Biênio 2021-2022, que teve como eleito, o vereador Israel Júnior Meira das Virgens, o “Bua”. Por 05 votos a 04, o Bua foi eleito presidente da Câmara Municipal de Lajedão.

Os cinco vereadores eleitos que tiveram o apoio do prefeito Betão formaram maioria na Câmara Municipal. A Mesa Diretora da Câmara ficou composta pelo presidente Israel Meira, o “Bua” (PP); vice-presidente Rodrigo Caires (DEM); 1º Secretário Juscelino Conceição de Jesus, o “Xinenem” (PP) e o 2º Secretário Rodolfino Lucas Mendes, o “Luquinhas de Zé Dalmo” (DEM). A base opositora da Câmara ainda conta com o apoio do vereador Jorginho (PP).

Segundo o presidente Bua, ele atuará em defesa do povo, sem partidarismo, mas, do lado do povo. “Eu e meus companheiros iremos honrar a confiança do povo. O que for bom para o povo será votado nessa casa. O que não for bom, naturalmente não apoiaremos. Teremos uma Câmara Municipal independente, que cumprirá o seu papel da forma correta”, explicou o presidente Bua.

Por: Lenio Cidreira/Liberdadenews

Prefeito Agnelo é reconduzido ao cargo em Santa Cruz Cabrália

O desembargador federal Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), concedeu habeas corpus e reconduziu ao cargo do prefeito de

Prefeito Marcelo Belitardo autoriza obras de pavimentação no Bairro

Teixrira de Freitas: O orefeito Municipal, Dr. Marcelo Belitardo avança cada dia mais em seu projeto de pavimentação da cidade, e autorizou mais

Ricardo Salles pede demissão do ministério do Meio Ambiente

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu demissão nesta terça-feira (23). Salles comunicou a decisão ao presidente Jair Bolsonaro e o

TSE dá 15 dias para Bolsonaro apresentar provas sobre fraudes em

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou nesta segunda-feira, 21, que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), e outras autoridades, têm

Lula avalia ida a protesto contra Bolsonaro neste sábado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) avalia a possibilidade de comparecer à manifestação nacional contra o presidente Jair Bolsonaro

40 anos de espera: Prefeito Marcelo Belitardo cumpre promessa e dá

Teixeira de Freitas: Mobilidade urbana, logística, segurança e infraestrutura que beneficiam o dia a dia do cidadão teixeirense. A Prefeitura

Prefeitura prorroga decreto com medidas de enfrentamento ao novo

Teixeira de Freitas: Nesta quarta-feira (16), foi publicado no Diário Oficial do Município de Teixeira de Freitas a prorrogação da vigência do

O ex-vice-prefeito de Porto Seguro deve se apresentar em BH

Ricardo Luiz Rodrigues Bassalo e Marcos da Silva Guerreiro, dois dos três foragidos na “ Operação Fraternos “, se entregaram na tarde de

Decreto proíbe venda de bebida alcoólica no fim de semana e no São

Bahia: A venda de bebida alcoólica segue proibida no próximo fim de semana e no período junino em toda a Bahia. O Governo do Estado decidiu

Guedes anuncia que auxílio emergencial será prorrogado por 3 meses

O governo vai prorrogar o auxílio emergencial aos mais vulneráveis por mais três meses, informou o ministro da Economia, Paulo Guedes. A medida

Nossos Apoiadores: