Os eSports já são uma realidade para mais de 60 milhões de pessoas. Isso ficou mais do que provado na final da League of Legends World Championship do ano passado, a qual ocorreu na China.

E eles vem crescendo cada vez mais: a categoria está muito bem cotada para ser considerado um esporte olímpico já em 2024. Não é por acaso. Gerando receitas astronômicas por onde passa com campeonatos e eventos, os esportes digitais estão atraindo a atenção de grandes empresários e personalidades, como a de Ronaldo Fenômeno, o primeiro a investir na categoria no país fazendo parceria com um time de LoL (League of Legends).

Vendo a oportunidade de expandir o nome da marca e atrair mais receita, os clubes de futebol também estão investindo nos eSports. E não estamos falando apenas de um ou dois clubes do interior, mas gigantes como PSG, Manchester City, Valencia, Corinthians, Flamengo, Santos e Vitória já possuem seus próprios times. Mesmo com todas as diferenças entre o futebol real e virtual, eles não são menos importantes: os campeonatos estão cada vez mais organizados e também são famosos por pagar bons prêmios ao time vencedor.  

As categorias são as mais diversas possíveis, tanto que alguns clubes investiram em parcerias com equipes já formadas e conhecidas no cenário mundial, enquanto outras apostam em patrocínio a alguns jogadores em específico. Essas parcerias e patrocínios que estão aumentando cada vez mais o nível da categoria também acaba atingindo um novo nicho de público o que, além de aumentar a receita do clube, também aumenta a rivalidade—saudável—dos campeonatos.

Jogos como League of Legends, FIFA e Counter Strike já foram responsáveis por fazerem de jogadores comuns verdadeiros astros multimilionários e a semelhança com o futebol não para por aí. Os eSports vêm atraindo cada vez mais atenção do público, que enche arenas e estádios ao redor do mundo. 

O Flamengo foi um dos primeiros times do Brasil a ter a sua própria equipe de eSports. O clube adquiriu os direitos de um time da segunda divisão do Campeonato Brasileiro de LoL e já está se preparando para a disputa do próximo torneio. Já o Santos preferiu fazer uma parceria com um time já consagrado no cenário nacional, levando o nome do clube da baixada para disputas de alguns campeonatos virtuais, o mais famoso deles foi o de Battlefield. 

O Corinthians, outro gigante do futebol, resolveu apostar em um patrocínio a uma equipe de League of Legends que está disputando a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. O clube promoveu diversas ações de marketing e gameplay com os jogadores. Além disso, os participantes dos eventos ganharam brindes como bonés, chaveiros e até mousepads personalizados. 

Mas é claro que um time de futebol não pode deixar de apoiar atletas do FIFA, o mais popular game de futebol da atualidade. Sendo assim, o Manchester City e o PSG apostaram em patrocinar jogadores de FIFA para representar os times em campeonatos virtuais. As emissoras de televisão também não ficaram para trás; algumas, como o SporTV, já possuem uma divisão voltada apenas para os jogos virtuais, com uma cobertura completa e até transmissões ao vivo de campeonatos.

O futuro é promissor para os eSports e quem tem a ganhar são os torcedores, que podem apoiar seu  time do coração além das quatro linhas de um campo de futebol.

Por: Liberdadenews/Ascom


Procura por cursos de iniciação ao tiro esportivo subiu 20%

Curso básico de tiro varia entre R$ 500 e R$ 720 na Bahia; confira lista Em seu primeiro dia de aula em um estande de tiros, o técnico em

Corinthians anunciará banco BMG como novo patrocinador

Segundo Lauro Jardim, de "O Globo", empresa estampará marca na parte da frente da camisa do Timão O Corinthians vai anunciar na quinta-feira o

'Só fui acordar na ambulância', diz jogador atingido por raio

'Só fui acordar na ambulância', diz jogador que desmaiou após ser atingido por raioFoto: Michael Sanches / Água Santa Passado o susto, o

Bahia confirma a contratação do zagueiro Ernando

No início da tarde desta terça-feira (15), o Bahia oficializou a contratação do zagueiro Ernando, ex-Goiás, Sport e Internacional. Com 30 anos

Mercado da bola já movimenta mais de R$ 23 bilhões em 2019

A temporada 2018-2019 já é a mais “gastona” do futebol na história! Até o momento, o mercado da bola europeu já movimentou € 5,3

Globo compra os direitos. E não publica livro sobre corrupção na

Autor estranha a atitude. Mas revela que a emissora carioca é citada quatro vezes na publicação que está nas livrarias do mundo. Menos no

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 12 milhões

As dezenas sorteadas nesta quarta foram: 11 – 14 – 21 – 25 – 46 – 50 Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.113 da

Imprensa de Madri se empolga após vitória do Real

Brasileiro dá assistência, faz bonito gol e comanda vitória por 3 a 0 sobre o Leganés, pelo jogo de ida das oitavas da Copa do Rei. "Sigo calado,

Campeonato Baiano de Futebol 2019 é lançado nesta quarta

Agora ex-árbitro, Jailson Macêdo será o comentarista de arbitragem da TV Bahia O Campeonato Baiano foi oficialmente lançado na noite desta

Bahia negocia com zagueiro Ernando, do Internacional

Jogador atuou com Enderson Moreira no Goiás em 2012 e 2013 Mesmo com a renovação de Ignácio, que assinou contrato de quatro anos e teve 60%

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: