Em documento de 18 páginas, entidade aponta como objetivos principais o aumento da participação, elevar o valor comercial e criar uma estrutura mais sólida para a modalidade

A Fifa lançou pela primeira vez, nesta terça, a cartilha "Estratégia Global para o Futebol Feminino". O documento de 18 páginas explica como a entidade vai trabalham em conjunto com membros associados, clubes, jogadoras, imprensa, fãs e outras partes interessadas para compreender o potencial da modalidade.

A secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura, destacou a importância do lançamento da cartilha. Para Samoura, pioneira em um dos cargos mais importantes da entidade, o fortalecimento do futebol feminino vai trazer benefícios não somente para as praticantes do esporte, mas também para as mulheres, de uma maneira geral.

- Como primeira secretária-geral da Fifa, estou orgulhosa por lançar nossa primeira estratégia global para o futebol feminino. A modalidade é uma das prioridades da Fifa e através da nossa nova estratégia trabalharemos junto com 211 membros associados pelo mundo para aumentar a participação da base, melhorar o valor comercial do futebol feminino e tornar mais fortes as estruturas em volta da modalidade, para garantir que tudo que fazemos é sustentável e tem fortes resultados.

"O mais importante é que isso vai tornar o futebol mais acessível para meninas e mulheres, além de encorajar o empoderamento feminino, assunto de muita importância, agora mais que nunca."

Para cumprir os principais objetivos, a Fifa vai se basear em cinco pilares:

Desenvolver e crescer dentro e fora do campo

Criar programas de desenvolvimento feitos sob medida para os membros associados, academias globais de futebol feminino, futebol nas escolas, desenvolvimento e mentoria de treinadoras e desenvolvimento de árbitras.

O objetivo é ter as estratégias em 100% dos membros associados e dobrar o número de associações com ligas juvenis em 2026, aumentando o acesso ao futebol feminino para meninas.

Melhorar as competições femininas

Aproveitar a popularidade da Copa do Mundo de futebol feminino, desenvolver novas competições Fifa, tornar o calendário internacional mais forte e otimizar as competições regionais de todos os níveis.

Exposição e valor

Criar programa comercial dedicado ao futebol feminino, oferecer alternativas de distribuição de conteúdo digital, nomear embaixadoras do futebol feminino e trabalhar com organizações e influenciadores ativos em promoção e proteção de direitos humanos.

Igualdade de gênero nas lideranças

Garantir o futebol feminino e a representação feminina nos principais órgãos de decisão, melhorar estruturas regulatórias para impulsionar a profissionalização e capacitar aqueles dedicados à modalidade e promovar uma rede global.

O objetivo é que cada membro associado tenha pelo menos um cargo no Comitê Executivo dedicado os interesses das mulheres e até 2026 ter pelo menos uma mulher ocupando esse cargo, além de, até 2022, pelo menos um terõ do comitê de membros da Fifa ser formado por mulheres. As medidas também visam fortalecer e expandir o Programa de Desenvolvimento de Lideranças Femininas e promover profissionalização e supervisão regulatória.

Educar e empoderar

Criar parcerias com ONGs e organizações para aprofundar o impacto social, implementar e apoiar campanhar de empoderamento feminino, desenvolver programar com membros associados em nível nacional.

A entidade pretende direcionar e focar em questões sociais e de saúde específicas, além de alcannçar ONGs e partes interessadas do governo em desenvolver projetos sustentáveis que melhorem a vida das mulheres

Fonte: G1


Brasil empata com a Nigéria e aumenta jejum de vitórias

O Brasil chegou a sua quarta partida sem vitórias ao empatar no amistoso com a Nigéria em 1 a 1, neste domingo, 13, em Singapura, em um duelo

Vitória bate Cuiabá de virada e respira na tabela

O torcedor do Vitória tem motivos de sobra para acordar feliz nessa manhã de sábado, 12. Além de ver o time vencer o Cuiabá, por 3 a 1, fora

Brasil abre o placar, mas sofre empate do Senegal em amistoso

A Seleção Brasileira abriu o placar logo no início do jogo, mas sofreu o empate do Senegal no final do primeiro tempo. O jogo amistoso entre as

Secretário de Esporte recebe Moção na Câmara de Vereadores

Teixeira de Freitas: Pelos serviços prestados no município a comunidade esportiva, o secretário de Esporte e Lazer, Érico Cavalcanti, recebeu

Bahia sofre com a trave e perde para o Athletico-PR na Arena Fonte

O Bahia teve boas oportunidades e acertou a trave três vezes, mas acabou superado pelo Athletico-PR em jogo neste sábado (5), na Arena Fonte

Justiça autoriza goleiro Bruno a disputar amistoso pelo Poços de

A Justiça de Minas Gerais autorizou o goleiro Bruno a estrear pelo Poços de Caldas. Condenado a 20 anos de prisão pelo homicídio da modelo

CBF muda horário e local e Vitória enfrentará Oeste no Barradão

A CBF alterou o horário e o palco do jogo entre Vitória e Oeste, pela 27ª rodada da Série B do Brasileiro. Ao invés da Arena Fonte Nova, o

Bahia é derrotado pelo Corinthians e encerra sequência invicta

Teve fim a invencibilidade de nove jogos do Bahia no Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado (21), a equipe tricolor perdeu por 2 a 1 no

Seleção recua para 3ª posição no ranking masculino da Fifa

A seleção brasileira caiu uma posição no ranking mundial masculino da Federação Internacional de Futebol (Fifa) e agora está na terceira

Copa Municipal de Futebol dos Bairros acontecerá em outubro

Teixeira de Freitas: O anúncio aconteceu na noite desta terça-feira (17), durante a reunião de entrega do regulamento e acertos de últimos

Nossos Apoiadores: