Uma equipe de pesquisadores da Universidade Rockefeller de Nova York afirmou ter identificado uma possível nova forma de lutar contra o vírus da zika e que também pode resultar no desenvolvimento de uma vacina contra a doença.

A instituição indicou em um artigo publicado em seu site que os cientistas encontraram em amostras de sangue coletadas de pessoas do México e do Brasil anticorpos em formas de proteínas produzidas pelo sistema imunológico que previnem que o vírus se desenvolva.

Esses anticorpos, segundo a pesquisa, teriam sido gerados inicialmente em uma resposta a uma infecção anterior do vírus, indica o texto.

"Em futuro próximo, esses anticorpos poderiam ser muito úteis. Poderíamos, por exemplo, administrá-los de forma segura para prevenir o zika em mulheres grávidas ou em outras pessoas sob risco de contrair a doença", explicou o pesquisador Davide Robbiani.

Além disso, a equipe de cientistas descobriu que os anticorpos podem ser usados na produção de uma vacina.

Os pesquisadores da Universidade Rockefeller tiveram acesso a amostras de sangue de mais de 400 pessoas através de colaboradores no Brasil e no México.

Uma análise profunda mostrou que cinco delas continham anticorpos praticamente idênticos e que sugeriram que essas moléculas eram especialmente efetivas na luta contra o vírus da zika.

Os anticorpos, batizados como Z004, foram inseridos em ratos de laboratório que desenvolveram uma proteção contra uma infecção séria da doença. Eles também pareceram ser efetivos na luta contra a dengue, um vírus muito parecido com o da zika.

Fonte: G1

Teste em tempo real para HPV passa a ser feito pelo SUS na Bahia 

Exame para detecção do vírus será realizado no Lacen-BA  O teste em tempo real para detecção do vírus papiloma humano (HPV) já pode ser

Equilíbrios físico e mental: saiba mais sobre o Pilates

Método pode ser utilizado por diversos públicos e no atendimento de diferentes objetivos. Aliado na busca por um corpo equilibrado, forte e

Diagnóstico de Câncer já é coberto por seguro

Poucas palavras assustam mais as pessoas que “câncer”, doença que até a década passada tinha o peso de uma sentença de morte. Do início

Febre amarela: ministério registra 35 casos e 20 mortes no Brasil

Em meio ano, 20 pessoas morreram. Dados do Ministério da Saúde consideram meses de julho do ano passado a janeiro deste ano. SP e MG têm maior

Dança é aliada de quem quer emagrecer, socializar e ser feliz

Quer cuidar da saúde? Coreografias ajudam no bem-estar e a não fazer feio no Verão É só virar o ano que a promessa “vou cuidar mais da

Salvador: Morre paciente com febre amarela transferido de Itaberaba

O homem de 49 anos que estava com febre amarela, transferido do município de Itaberaba, na Chapada Diamantina, para Salvador, morreu no final da

Produção de vacina da febre amarela aumenta 212,3%

A importação cresceu 300% no último ano, segundo Sanofi Pasteur A produção de vacina da febre amarela no Brasil cresceu 212,3%, passando de

Treinamento Funcional é opção para ganho de força e equilíbrio

Prática trabalha os músculos de forma global, fortalecendo o centro de força do corpo e estabilizando a coluna vertebral. Flexibilidade,

Samu de Feira de Santana tem 40 vagas para médicos: inscrições

O Samu de Feira de Santana, cidade a 100 quilômetros, está com vagas abertas para o processo seletivo de médicos. São 40 vagas. As

Bahia está entre os estados que vão adotar vacina fracionada da

Agora, uma dose que antes era aplicada em uma só pessoa será utilizada em quatro. Divisão da vacina vai garantir o fornecimento nessas regiões,

Lecão natal
Casa das Correias
New Impress
previcon
Connect Informática
Pitagoras Connect
Nossos Apoiadores: