A desembargadora Márcia Borges, durante o Plantão do Judiciário do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) da madrugada desta terça-feira (8), concedeu um habeas corpus para os quatro policiais presos acusados de tortura contra uma pessoa que teria roubado uma agência lotérica, em Salvador. Os policiais, ao tomarem conhecimento da ordem de prisão, se apresentaram voluntariamente na sede do Departamento de Polícia Metropolitana nesta segunda-feira (7).

A desembargadora expediu alvará de soltura em favor da delegada Carla Santos Ramos e dos policiais Agnaldo Ferreira de Jesus, Carlos Antonio Santos da Cruz e Iraci Santos Leal, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Salvador. Eles tiveram a prisão temporária decretada por um magistrado de primeiro grau, no curso da operação da Corregedoria da Polícia Civil, que investiga o suposto ato de tortura. No pedido de habeas corpus é dito que a prisão foi decretada sem embasamento, considerando apenas o depoimento da suposta vítima, Zélia Buri. Também diz que não há risco na manutenção da liberdade dos investigados, pois se apresentaram espontaneamente à autoridade policial antes mesmo do cumprimento do mandado judicial.

Segundo a desembargadora, a ordem de prisão é desproporcional às garantias constitucionais e que poderiam ter sido adotadas “medidas judicias menos gravosas”. Ela afirma ainda que o juízo não apontou os riscos na manutenção da liberdade dos investigados e que a prisão temporária deve ser substituída por medidas cautelares diversas. Ao conceder o habeas corpus, Márcia Borges determinou a suspensão do exercício da função pública dos investigados; proibição do contato dos policiais com a suposta vítima; e proibição de frequentar as repartições policiais na condição de agentes estatais.

Ao Bahia Notícias, o advogado Gustavo Britto, afirmou que “existiu um grave excesso da Corregedoria da Polícia Civil ao agir dessa maneira” e que acredita que tudo vai ser esclarecido. “Carlos Antônio Santos da Cruz estava suspenso na data do ocorrido e estava na faculdade quando ocorreu o fato. E a Iraci Santos Leal não estava de plantão na data do crime. Então, se percebe que duas pessoas indiciadas não estavam no local do fato e outras duas não participaram do suposto ato de tortura. As quatro pessoas foram presas a partir de indícios frágeis”, comentou. A defesa dos acusados é feita ainda por Daniel Lima, Marcelo Duarte e Joao Telles.

AS ACUSAÇÕES

De acordo com a decisão que determinou a prisão temporária dos quatro policiais, o delegado corregedor que colheu o depoimento de Zélia Buri relata que, "a pretexto" de investigar o assalto praticado na última quinta-feira (3) contra uma casa lotérica, no bairro de Dom Avelar, os agentes Agnaldo Ferreira de Jesus, Carlos Antonio Santos da Cruz e outro policial não identificado conduziram a vítima a uma sala onde ela foi espancada e torturada. Ela afirma que os agentes lhe aplicaram "chutes, socos, tapas e cacetadas na cabeça" e diz ainda que chegou a ter um dos dedos do pé quebrado pelo policial não identificado. Além disso, a mulher informou que o mesmo agente enfiou o cassetete em sua garganta e tentou repetir o ato em seu ânus, mas foi impedido por outro policial que estava na sala.

A vítima conta que o objetivo das agressões era fazê-la confessar onde estaria o dinheiro roubado. Para isso, os agentes também teriam revirado sua casa, sem mandado de busca e apreensão para isso e lhe ameaçado de morte. Já a delegada Carla foi envolvida no caso porque, segundo Zélia, determinou que Jesus, Cruz e o terceiro agente a levassem de volta para a sala de tortura para que dessem continuidade às agressões, mesmo observando as lesões no corpo da mulher.

Fonte: Bahianoticias


Destaque desta segunda-feira da TVLN: Prisões; Festa dos

Teixeira de Freitas: A TVLN foi ao ar nesta segunda-feira, 21 de outubro, e  a TVLN esteve no Cenário Evento, onde a Prefeitura Municipal

Criminosos invadem estabelecimento comercial e sob forte ameaça,

Teixeira de Freitas: Assaltantes armados abordam proprietário de estabelecimento comercial no Bairro Bom Jesus, em Teixeira de Feitas, e roubam um

Jovem é executado a tiros no início da tarde desta terça-feira na

Medeiros Neto: A Central do CICOM/190 foi informada por populares, que uma pessoa teria sido vítima de disparos de arma de fogo, na Rua Nigéria,

Mulher atingida com golpes de facão; namorado vai preso

    Itabela: Um trabalhador rural de 37 anos foi preso no fim da tarde de segunda-feira (21), no município de Itabela. Segundo a

Corpo de jovem é enterrado em barranco na BR-101

Itabela: A Polícia Técnica e os bombeiros devem remover, ainda na manhã desta terça-feira (22), o corpo do adolescente Vinicius Oliveira de

PETO prende jovem com arma de fogo e motocicleta furtada após

Teixeira de Freitas: Policiais militares prenderam no final da manhã desta segunda-feira, 21 de outubro, um jovem e um adolescente, após os dois

Dois homens são presos acusados de tráfico na Urbis III em Teixeira

Teixeira de Freitas: Policiais militares de Teixeira de Freitas prenderam dois acusados de tráfico de drogas, após denuncia de populares à

Destaque da TVLN desta sexta-feira: Notícias policiais; Corrida da

Teixeira de Freitas: A TVLN foi ao ar nesta sexta-feira, 18 de outubro,  e o jornalista Lênio Cidreira esteve na Secretaria de Esportes, e

Motorista de caminhão carregado de pedra de granito morre preso às

Itamaraju: Motorista morre preso às ferragens, após perder controle de caminhão, que acabou tombando na BR 101, na altura do Km 791, entre

Após denúncia de tiros em via pública, jovem é preso com arma

Nova Viçosa: Após denúncia de disparo de arma de fogo, jovem é preso pela Polícia Militar por posse de arma de fogo em Posto da Mata, distrito

Nossos Apoiadores: