Medida vale por três meses

O presidente Jair Bolsonaro editou nesta segunda-feira (26) uma Medida Provisória que abre crédito extraordinário no valor de R$ 228 milhões para alimentação de povos indígenas, quilombolas, pescadores artesanais e extrativistas. Segundo o governo, a iniciativa permitirá o fornecimento de cestas básicas para mais de 612 mil famílias por três meses.

O texto destina os recursos para o Ministério da Cidadania realizar a aquisição e distribuição de cestas básicas a um custo de R$ 76 milhões por mês. A medida foi adotada porque, em virtude da pandemia de covid-19, houve paralisação das atividades de diversos segmentos que impactam diretamente a renda de muitas famílias e, consequentemente, o acesso regular à alimentação adequada.

Em julho, Bolsonaro sancionou a Lei 14.021/2020, que institui medidas para prevenir a disseminação do novo coronavírus entre os povos indígenas, quilombolas, pescadores artesanais e nas comunidades tradicionais. Entre as medidas da lei, está a determinação da adoção de ações emergenciais para garantia da segurança alimentar aos pescadores artesanais, às comunidades tradicionais, aos indígenas e aos quilombolas.

Ao sancionar a lei, Bolsonaro vetou o dispositivo que obrigava a União a distribuir cestas básicas, sementes e ferramentas agrícolas diretamente às famílias. Na ocasião, o governou justificou que já existiam medidas adotadas pelo governo nesse sentido.

A lei também assegura a garantia do suporte técnico e o escoamento da produção daqueles prejudicados em função da covid-19, por meio da aquisição direta de alimentos no âmbito dos programas da agricultura familiar. A pedido do Ministério da Economia, o presidente vetou a criação de um programa específico de crédito para povos indígenas e quilombolas para o Plano Safra 2020.

Fonte: Agência Brasil

PROS de Uldurico Pinto recorre ao TRE e perde novamente uma ação

Teixeira de Freitas: Uldurico Pinto, patrono do PROS 90 na região do Extremo Sul, não cansa de passar vergonha e quer calar a voz do povo,

Governo proíbe festas independente do número de participantes

O governo do estado suspendeu a realização de shows e festas em toda a Bahia. A decisão, que será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE)

Equipes de transição se reúnem para início dos trabalhos e troca

Teixeira de Freitas: O primeiro encontro entre as equipes do processo de transição aconteceu na tarde desta quarta-feira, 03 de dezembro. O

Justiça proíbe que prefeita de Itanhém gaste um milhão e meio de

Itanhém: O Juiz de Direito, Dr. Argenildo Fernandes dos Santos, a pedido do Ministério Público Estadual, suspendeu um Pregão que ocorreria

Entenda o décimo terceiro salário

Pagamento da primeira parcela acaba nesta segunda Um dos principais benefícios trabalhistas do país, o décimo terceiro salário tem a

Importante: Lúcia Despachante traz boas notícias sobre a Banca

Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem esteve com o empresário e despachante Marcos Silva, que conversou sobre uma antiga demanda do

Caixa retorna valores não movimentados do saque emergencial

Processamento do retorno pode levar até sete dias Cerca de R$ 7,9 bilhões do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS),

Conta de luz terá cobrança extra a partir desta terça-feira,

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta segunda-feira (30) que haverá cobrança extra na conta de luz dos consumidores

CEJUS e Guarda Municipal estão de novo endereço em Teixeira

Teixeira de Freitas: A Secretaria de Segurança e Cidadania de Teixeira de Freitas entregou na manhã desta sexta-feira, 27 de novembro, o novo

Geração distribuída de energia solar cresce em 118% na Bahia

A instalação de uma placa solar fotovoltaica no telhado no lugar onde mora pode gerar a própria energia e ainda pagar mais barato na conta de

Nossos Apoiadores: