O desembargador federal Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), concedeu habeas corpus e reconduziu ao cargo do prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos. O prefeito havia sido passado a carga no último dia 15 , por decisão judicial, em decorrência da Operação Fraternos, que apura supostas irregularidades em contratos nas prefeituras de Eunápolis e Porto Seguro.

Na decisão assinada na quarta-feira (23), o desembargador considera que “inexistem, nesse momento processual, as condições de manutenção da medida cautelar de afastamento do cargo público - prefeito municipal -, notadamente, em face da ausência de contemporaneidade”, pois , segundo o magistrado, o delito em apuração foi possivelmente cometido há mais de três anos, portanto, antes da posse de Agnelo como prefeito, ocorrida em 1º de janeiro de 2018.

O desembargador disse ainda não ser razoável manter o prefeito eleito democraticamente anterior ao exercício do mandato eletivo “se não principais contundentes os indícios de crimes cometidos, haja vista tanto o princípio da ampla defesa quanto a manutenção do princípio democrático”. “No caso concreto, fácil perceber que as investigações não são contemporâneas ao mandato eletivo e nem há indícios contundentes o bastante para arrimar o afastamento requerido pelo MPF e decretado pelo magistrado a quo”, acrescentou.

No pedido de habeas corpus, a defesa de Agnelo alegou que “o afastamento do prefeito do exercício da carga pelo ser imputado crime de responsabilidade, durante a instrução criminal, é pena gravíssima e de sérias consequências para a Administração Pública, com reflexos às vezes negativos na vida política local, razão pela qual entende ser medida excepcional ”.

CERIMÔNIA DE RECONDUÇÃO

A anúncio de recondução do prefeito ao cargo deve ser realizado no início da tarde desta quinta-feira (24), na Câmara Municipal de Cabrália. O prefeito disse estar tranquilo e que a justiça foi feita. “Estou à frente da prefeitura de Cabrália pelo meu segundo mandato e conduzido com lisura e responsabilidade nosso mandato”, afirmou. “Quero agradecer a Deus, aos amigos e eleitores que oraram por nós e também ao amigo e companheiro Carlos Lero, meu vice-prefeito, que soube conduzir e manter nossa cidade dentro da ordem que deixamos”, finalizou Agnelo.

Fonte: Radar64

Receita Federal cobra R$ 17 milhões de Ciro Nogueira por sonegação

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, é alvo de cobranças por parte da Receita Federal que chegam a R$ 17 milhões por sonegação de

Ciro Nogueira confirma que assumirá Casa Civil

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) confirmou na manhã desta terça-feira, 27, que vai assumir o cargo de ministro-chefe da Casa Civil. O anúncio

MP pede bloqueio de R $ 318 mil de prefeitura para pagar servidores

Itagimirim: O Ministério Público Estadual, por meio do promotor de Justiça Dinalmari Mendonça, ajuizou ação civil pública contra o

Bolsonaro indica Augusto Aras para novo mandato à frente da PGR

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira, 20, que propôs ao Senado a recondução de Augusto Aras para novo mandato na chefia da

Parlamentares entram com ação no STF para barrar aumento do fundo

Um grupo de parlamentares encabeçado pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) anunciou, nesta segunda-feira, 19, que entrou com um mandado de

Preço dos combustíveis sobem nos postos pela 2ª semana, diz ANP

Os preços médios de óleo diesel e gasolina subiram pela segunda semana consecutiva nos postos de combustíveis do Brasil. O etanol, que vinha de

Bolsonaro recebe alta médica de hospital em São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu alta médica na manhã deste domingo, 18. O mandatário deixou o Hospital Vila Nova Star, em

Câmara aprova projeto de LDO de 2022 que triplica fundo eleitoral

Os deputados aprovaram, em sessão do Câmara Federal, por 278 a favor e 148 contra, a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) - lei

Bolsonaro: "Prevaricação se aplica a servidor público, não a mim"

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (12) que o crime de prevaricação "não se aplicaria" a ele, somente a servidores públicos.

Mais de 60 ruas serão pavimentadas em Teixeira de Freitas

Com intenção de atuar na melhoria da infraestrutura da cidade, a Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas irá pavimentar 63 ruas do

Nossos Apoiadores: