O União Brasil oficializou em convenção na manhã desta sexta-feira (5) o nome de ACM Neto para disputar o Governo da Bahia nas eleições de outubro deste ano. O ex-prefeito de Salvador por oito anos terá ao seu lado como candidata a vice-governadora Ana Coelho, empresária filiada ao Republicanos. O deputado federal Cacá Leão, do Progressistas (PP), também foi oficializado como candidato ao Senado pela chapa.

A convenção realizada no Centro de Convenções de Salvador, no bairro da Boca do Rio, contou com outros 12 partidos que se juntaram à candidatura de ACM Neto, formando uma das maiores coligações de oposição da história das eleições baianas. Além do União Brasil, compõem a chapa as legendas PP, Republicanos, PSDB, PDT, PSC, Solidariedade, Cidadania, Podemos, PRTB, PTB, DC e PMN.

Em seu discurso, Neto destacou que a palavra que resume a sua campanha é mudança: "Com cada vez mais intensidade eu ouço as pessoas dos quatro cantos do estado as pessoas, com coragem, levantarem a sua voz e dizerem: 'Neto, nós queremos mudança'. Toda mudança vem do coração. A mudança nasce da esperança. E as baianas e baianos nunca, em momento algum, perderam a esperança. Mesmo quando as situações são tão difíceis, a gente não perde a esperança", disse.

"Porém, também, toda mudança vem da busca incessante pela realização dos nossos sonhos. Em dezembro, quando apresentei a minha pré-candidatura ao governo do estado, nesse mesmo Centro de Convenções, a minha primeira  pergunta ao público foi: qual é o tamanho do seu sonho? Muitos meses se passaram desde então, nós percorremos quase 200 municípios. Eu ouvi muita gente, conversei com os baianos que vivem em cada cantinho desse enorme estado. E posso dizer hoje que os baianos já decidiram que querem essa mudança, porque os baianos sabem bem qual é o tamanho dos seus sonhos", completou.

ACM Neto foi eleito deputado federal pela primeira vez em 2002, aos 23 anos, sendo o mais votado da Bahia. Exerceu três mandatos na Câmara, reconhecido sempre como um dos parlamentares mais atuantes no Congresso. Em 2012, foi eleito prefeito de Salvador aos 33 anos. Foi reeleito em 2016 com 74% dos votos, um dos percentuais mais altos entre as capitais do Brasil. Foi considerado o melhor prefeito do país em todos os seus oito anos à frente da capital baiana.

Fonte: Bahianoticias

Professor Robson Viana recebe Moção de Aplausos na Câmara

Lajedão: Na sessão ordinária que aconteceu na última quarta-feira, 10 de agosto, o vereador Isael Junior Meira das Virgens, o “Bua”,

Moro notifica PT por má-fé por tentar impugnar sua candidatura ao

O ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) enviou notificações extrajudiciais ao PT e outros partidos e parlamentares que acionaram a Justiça

Petrobras anuncia nova redução no preço do diesel; medida passa a

A Petrobras anunciou uma nova redução no preço do diesel vendido às distribuidoras nesta quinta-feira (11). A partir desta sexta-feira (12), o

Justiça cassa mandato do prefeito de Canavieiras

O juiz eleitoral de Canavieiras, Eduardo Guerreiro publicou uma sentença multando e cassando o prefeito Almeida (PROS). O gestor foi acusado de

Polícia Federal aponta dificuldades para fazer a segurança de Lula

A Campanha eleitoral do candidato do PT à Presidência da República, Luís Inácio Lula da Silva, já demonstra ser um desafio ao esquema de

Timóteo Brito declara apoio à Katia Oliveira para Deputada Estadual

Teixeira de Freitas: O ex-prefeito de Teixeira de Freitas, Timóteo Brito, anunciou nesta semana o seu apoio à reeleição de Katia Oliveira para

Lucas Bocão está confirmado como candidato a Deputado Estadual pelo

Teixeira de Freitas: O vereador Lucas Bocão teve seu nome confirmado como candidato a deputado estadual pelo Solidariedade, na convenção

Os presídios hoje são quartéis-generais do crime na Bahia e tudo

Bahia: O pré-candidato ao governo do estado ACM Neto (União Brasil) criticou nesta terça-feira (2) a postura do governador diante de mais casos

Bolsonaro teme ser preso se não for reeleito em outubro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) acredita que pode ser preso caso perca a eleição em outubro próximo. Ele tem dito a interlocutores do próprio

WhatsApp lança campanha para combater a desinformação

A plataforma WhatsApp lançou a campanha de marketing “Vamos juntos combater as informações falsas”, com o intuito de dar mais visibilidade

Nossos Apoiadores: